InícioCuriosidades5 razões científicas para você escolher os amigos com muito cuidado

5 razões científicas para você escolher os amigos com muito cuidado

Publicidade

Ao longo da vida adulta, é fácil perder o contato com velhos amigos e pode ser difícil desenvolver novas amizades. A era digital também complicou esse processo, alterando a maneira como os amigos interagem.

À medida que as chamadas telefônicas foram trocadas por mensagens de texto e as redes sociais substituíram a necessidade de interação cara a cara, as reuniões com amigos geralmente se tornam menos frequentes e mais distantes.

Mas há evidências crescentes de que amizades genuínas podem ser muito importantes em termos de sua vida pessoal e profissional. Mesmo quando adulto, os amigos podem ter uma grande influência sobre como você se sente, pensa e se comporta. Aqui estão cinco razões pelas quais você deve manter amizades saudáveis:

1) Amigos com força de vontade podem ajudar a aumentar seu autocontrole

Se você luta para resistir à tentação, cercar-se de pessoas que possuem um alto grau de autodisciplina pode ajudar. Um estudo de 2013 publicado na Psychological Science relata que, quando as pessoas estão com pouco autocontrole, geralmente procuram pessoas autodisciplinadas para aumentar sua força de vontade.

Como o autocontrole é vital para alcançar objetivos de longo prazo, fazer amizade com pessoas com força de vontade pode ser o segredo do sucesso. Se você está tentado a pular aquele treino na academia ou está pensando em estourar o orçamento deste mês, um amigo com alto autocontrole pode motivá-lo a manter hábitos saudáveis.

2) Ter menos amigos aumenta a probabilidade de você correr riscos financeiros

Quando as pessoas não têm interação social adequada, elas são mais propensas a correr riscos maiores com dinheiro, de acordo com um estudo publicado na edição de junho de 2013 do Journal of Consumer Research. Os pesquisadores descobriram que isso era mais válido para pessoas que se sentiam solitárias ou rejeitadas.

Recomendamos:  6 maneiras românticas de acordar seu parceiro, ele vai adorar

Esteja você lidando com um rompimento recente, uma briga com a família ou um empreendimento comercial fracassado, esteja ciente de como suas emoções podem afetar seus hábitos de consumo.

Emoções desconfortáveis ​​certamente podem aumentar as chances de você se comportar de forma mais imprudente do que o normal, o que pode não ser sábio para seu futuro financeiro.

3) Muitas conexões nas redes sociais podem aumentar seu nível de estresse

Quando se trata de rede social, “quanto mais, melhor” pode não ser uma boa abordagem. Um relatório da University of Edinburgh Business School descobriu que mais amigos no Facebook significam mais estresse.

Os pesquisadores descobriram que ter uma abundância de conexões na rede social leva as pessoas a se preocuparem em ofender os outros. O estresse surge quando as pessoas tentam apresentar uma versão de si mesmas online que será aceitável para todos os seus contatos dessa rede social.

Continue a ler após a publicidade.

Embora seus colegas de faculdade possam gostar de discutir publicamente esse “fim de semana em Las Vegas”, seus pais e colegas de trabalho talvez fiquem menos impressionados com essas histórias.

Portanto, antes de começar a adicionar todo mundo que puder ao seu círculo social, lembre-se de que pesquisas mostram que você ter muitos “amigos” no Facebook podem causar ansiedade.

4) Amigos íntimos podem ser o segredo da longevidade

Quando os adultos mais velhos têm confidentes próximos, eles tendem a viver mais, de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Flinder da Austrália. Depois de acompanhar 1.500 pessoas por 10 anos, os pesquisadores descobriram que pessoas com uma grande rede de amigos sobreviviam em 22% acima da média.

Recomendamos:  "Abraçadora" profissional cobra cerca de R$ 250 para abraçar e dar afeto a homens carentes

Outros estudos divulgando os benefícios da amizade para a saúde mostraram que pessoas com câncer vivem mais quando frequentam grupos de apoio. Amizades próximas podem ajudar a evitar a depressão e aumentar a imunidade também.

Portanto, embora possa ser tentador pensar que os amigos às vezes são mais problemas do que soluções, está claro que ter amigos íntimos pode ser uma das melhores coisas que você pode fazer pela sua saúde.

5) Os amigos podem influenciar muito suas escolhas

Um estudo de 2014 publicado no Journal of Consumer Research descobriu que os amigos geralmente se unem fornecendo apoio moral um ao outro para resistir a uma tentação. No entanto, os amigos também costumam conspirar juntos para desfrutar de indulgências.

Os pesquisadores descobriram que, quando se trata de resistir a tentações – como comer chocolate – às vezes os amigos são mais propensos a se tornarem parceiros no crime quando decidem se divertir juntos.

Os amigos podem ajudar a trazer o melhor de você sem esperar perfeição. Eles podem lembrá-lo de não levar a vida muito a sério, além de dar o impulso necessário quando você estiver se sentindo desanimado.

Priorizando a amizade

É provável que os amigos venham e vão ao longo das estações de sua vida. Mudanças de emprego, mudar-se para uma nova cidade e se tornar pai são algumas das muitas coisas que podem mudar as amizades em sua vida.

As exigências da vida e uma carreira ocupada podem levar os amigos para o final da lista de prioridades às vezes. No entanto, pode ser sábio reavaliar o papel que os amigos desempenham em sua vida.

Recomendamos:  Grávida de 7 semanas mostra foto de ultrassom que mais parece um coelho

Se passar tempo de qualidade com os amigos não está no topo da sua lista de tarefas, pode fazer sentido agendar uma um encontro de amigos mais cedo ou mais tarde. Afinal, os amigos afetam não apenas a qualidade de sua vida, mas talvez até a duração dela.

Publicidade

Via : Forbes

- Publicidade -

Mais vistos