InícioComportamento6 maneiras fáceis de parar de pensar demais em pequenas coisas

6 maneiras fáceis de parar de pensar demais em pequenas coisas

Publicidade

Embora todo mundo pense demais nas situações de vez em quando, algumas pessoas são atormentadas por uma enxurrada constante de pensamentos o tempo todo.

Os ansiosos crônicos refazem as conversas que tiveram ontem, questionam cada decisão que tomam e imaginam resultados desastrosos o dia todo, todos os dias.

Pensar demais em algo geralmente envolve mais do que palavras – os pensadores excessivos também evocam imagens desastrosas.

Continue a ler após a publicidade.

Suas mentes se assemelham a um filme em que imaginam seu carro saindo da estrada ou repassam acontecimentos angustiantes indefinidamente.

Pensar demais o impede de fazer qualquer coisa. E isso causa estragos no seu humor.

Padrões de pensamento destrutivos

Pensar demais frequentemente envolve dois padrões de pensamento destrutivos – ruminar e preocupar-se incessantemente.

Ruminar envolve remoer o passado. Os pensamentos podem incluir coisas como:

  • Eu não deveria ter dito essas coisas na reunião de ontem. Todos devem pensar que sou um idiota.
  • Eu deveria ter ficado no meu último emprego. Eu seria mais feliz do que sou agora.
  • Meus pais não me ensinaram como ser confiante. Minhas inseguranças sempre me impediram.

A preocupação persistente envolve previsões negativas – muitas vezes catastróficas – sobre o futuro. Os pensamentos podem incluir coisas como:

  • Vou me envergonhar amanhã quando fizer essa apresentação. Eu sei que vou esquecer tudo o que devo dizer.
  • Todos os outros serão promovidos antes de mim.
  • Eu sei que nunca teremos dinheiro suficiente para nos aposentar. Estaremos muito doentes para trabalhar e ficaremos sem dinheiro.
Recomendamos:  Estes são os traços de personalidade únicos de cada signo do zodíaco

Como todos os hábitos, mudar seus padrões de pensamento destrutivos pode ser um desafio. Mas, com a prática consistente, você pode treinar seu cérebro para pensar de forma diferente.

Aqui estão seis maneiras de parar de pensar em tudo:

1) Observe quando você se perde em pensamentos

Pensar demais pode se tornar um hábito que você nem reconhece quando está fazendo isso. Comece prestando atenção em sua maneira de pensar para ficar ciente do problema.

Quando você repete eventos em sua mente continuamente, ou se preocupa com coisas que você não pode controlar, reconheça que isso não é produtivo. Pensar só ajuda quando leva a uma ação positiva.

2) Mantenha o foco na resolução de problemas

Ficar pensando em seus problemas não ajuda, mas procurar soluções, sim. Se for algo sobre o qual você tem algum controle, considere como você pode evitar o problema ou desafie-se a identificar cinco soluções potenciais.

Se for algo sobre o qual você não tem controle, como um desastre natural, pense nas estratégias que você pode usar para lidar com isso. Concentre-se nas coisas que você pode controlar, como sua atitude e esforço.

Continue a ler após a publicidade.

3) Desafie seus pensamentos

É fácil se deixar levar por pensamentos negativos. Portanto, antes de concluir que ficar doente vai fazer você ser demitido, ou que esquecer um prazo fará com que você se torne um sem-teto, reconheça que seus pensamentos podem ser exageradamente negativos.

Recomendamos:  Estas são as vitaminas e minerais essenciais após os 40 anos

Lembre-se de que suas emoções interferirão em sua capacidade de olhar as situações de maneira objetiva.

Dê um passo para trás e veja as evidências. Que evidência você tem de que seu pensamento é verdadeiro? Que evidência você tem de que seu pensamento não é verdadeiro?

4) Agende um tempo para reflexão

Cuidar de seus problemas por longos períodos de tempo não é produtivo, mas uma breve reflexão pode ser útil.

Pensar em como você poderia fazer as coisas de maneira diferente ou reconhecer possíveis armadilhas em seu plano pode ajudá-lo a ter um melhor desempenho no futuro.

Incorpore 20 minutos de “tempo para pensar” em sua programação diária. Durante esse período, deixe-se preocupar, ruminar ou ponderar sobre o que quiser.

Quando seu tempo acabar, passe para outra coisa. E, quando você começar a repensar as coisas fora do seu horário programado, simplesmente lembre-se de que você precisará esperar até o seu “momento de pensar” para resolver esses problemas em sua mente.

5) Aprenda habilidades de atenção plena

É impossível refazer o ontem ou se preocupar com o amanhã quando você está vivendo no presente. A plena atenção o ajudará a se tornar mais consciente do aqui e agora.

Assim como qualquer outra habilidade, a atenção plena requer prática, mas com o tempo, pode diminuir o pensamento excessivo. Existem aulas, livros, aplicativos, cursos e vídeos disponíveis para ajudá-lo a aprender habilidades de atenção plena.

6) Mude o canal

Dizer a si mesmo para parar de pensar em algo vai sair pela culatra. Quanto mais você tenta impedir que um pensamento entre em seu cérebro, é mais provável que ele continue aparecendo.

Recomendamos:  7 textos para enviar um ex que não para de mandar mensagens

Mude o canal em seu cérebro mudando sua atividade. Faça exercícios, converse sobre um assunto completamente diferente ou trabalhe em um projeto que o distraia. Fazer algo diferente acabará com a enxurrada de pensamentos negativos.

Treine seu cérebro

Prestar atenção à maneira como você pensa pode ajudá-lo a se tornar mais consciente de seus maus hábitos mentais.

Com a prática, você pode treinar seu cérebro para pensar de maneira diferente.

Com o tempo, construir hábitos mais saudáveis o ajudará a construir os músculos mentais de que você precisa para se tornar mentalmente mais forte.

Publicidade

Se esse conteúdo foi útil para si, entre aqui e encontre mais informações importantes sobre comportamento. via: The muse

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais vistos