InícioComportamento6 sinais que o seu trabalho está a acabar com a sua...

6 sinais que o seu trabalho está a acabar com a sua saúde

Publicidade

São tantos adjetivos positivos que você não se importaria de associar à sua reputação profissional – ninguém pode culpá-lo por isso. Porém, existe algo como ser um pouco dedicado demais à sua carreira

Sim, isso de fato existe. Embora seja compreensível – e até mesmo louvável – que você queira dar à sua carreira tudo o que você tem, isso não significa que você deva permitir que isso consuma toda a sua vida.

Mais do que um cansaço momentâneo, a exaustão por excesso de trabalho pode ser perigosa para muitas profissões, tanto fisicamente quanto mentalmente.

Isso te soa familiar? Bem, aqui estão seis sinais de quando você está dando um pouco demais para o seu emprego atual. 

Acredite em mim – quando as pessoas dizem que você deve dar tudo de si, elas não querem dizer que você deve literalmente dar tudo.

Abaixo listamos 6 sinais de quando você está trabalhando um pouco demais: 

1) Quando não existe tempo livre

Você passa quase todos os momentos do dia no escritório. E, quando você finalmente consegue escapar, você usa essas horas preciosas para atualizar compulsivamente seu e-mail de trabalho.

E a ideia de tirar férias? Apenas esqueça isso. O esforço e o estresse resultante envolvidos em ser proativo com sua carga de trabalho anulariam completamente o motivo de seu tempo ausente.

Se sua vida parece totalmente vazia de qualquer tempo de inatividade que você possa usar para recarregar e relaxar, isso é um grande indicador de que você deve puxar as rédeas um pouco e encontrar um pouco mais de equilíbrio. Se seus amigos nem se lembram de como você é, você sabe que está acorrentado à sua mesa há muito tempo.

Recomendamos:  Coisa boa mesmo é ter uma Sandra na vida da gente 🥰

2) Quando você está carregando toda a carga

Este é o diferencial de ser uma pessoa ativa e empreendedoras – as pessoas preguiçosas em seu escritório podem identificá-lo a uma milha de distância. E, assim que você provar que está disposto a juntar esse trabalho extra e executá-lo, você se verá com mais e mais coisas adicionadas ao seu prato.

Quando você pensa sobre sua situação atual de trabalho, você está carregando toda a sua equipe e departamento nas costas? Se você está concordando febrilmente com a cabeça agora, provavelmente é hora de reavaliar, falar e exigir um tratamento justo.

Embora seja bom ser um jogador de equipe, você definitivamente não quer se transformar em um faz tudo.

3) Quando todas as suas metas são relacionadas com sua carreira

Você está sentado em um happy hour com seus amigos próximos, quando alguém levanta a questão de onde todos vocês se veem daqui a 10 anos. Todos os seus amigos mencionam suas carreiras, mas também incluem famílias, viagens e novas experiências que eles adorariam ter.

Vocês? Bem, você está tão concentrado naquele escritório lá no canto, em ser promovido e o inevitável aumento de salário, que você nem se dá ao trabalho de pensar em mais nada.

Sim, ter objetivos de carreira elevados é definitivamente uma coisa ótima. Mas, é importante lembrar que seu trabalho não é sua vida – é apenas uma peça do quebra-cabeça. Então, não deixe isso formar a imagem completa.

4) Quando você não consegue desligar sua mente

Sua cabeça bate no travesseiro à noite e você faz o possível para dormir bem. Mas, não importa o quanto você tente, você simplesmente não consegue desligar seus pensamentos.

Sua mente fica vagando para aquela reunião com seu chefe, aquele grande relatório que será entregue na próxima semana ou aquele evento da empresa que está se aproximando rapidamente.

Todos nós temos esses momentos de vez em quando – eles são totalmente naturais, especialmente quando as coisas são estressantes no escritório. No entanto, se você se encontrar nesta situação noite após noite, é um sinal de que você precisa recuar um pouco.

Acredite em mim – nenhuma quantidade de contagem de ovelhas ou exercícios de meditação o ajudará a cochilar quando estiver obcecado pela escolha de fonte perfeita para essa proposta.

5) Quando você não consegue falar sobre outra coisa

Não importa se é um jantar com seus amigos, um telefonema com sua mãe ou uma conversa rápida com seu vizinho – sempre que você abre a boca para falar, uma notícia sobre o emprego, uma história de terror no escritório ou o relatório de progresso relacionado ao trabalho sai de sua boca.

Apesar de o quanto você quer, você não consegue falar sobre nada além de trabalho. Bem, isso é um lembrete revelador (e um tanto humilhante) de que sua carreira está começando a sobrecarregar sua vida inteira.

Recomendamos:  Nem todo mundo quer um relacionamento, filhos, casar ou ter religião

Portanto, mantenha-se sob controle e comece a mudar as conversas – mesmo que isso signifique apenas fazer muitas perguntas.

Acredite em mim, seus entes queridos provavelmente apreciarão a pausa de ouvir sobre seus últimos acontecimentos no trabalho.

6) Quando afeta toda a sua atitude

Nossas carreiras constituem uma parte significativa de nossas vidas – realmente não há como negar isso. Mas é importante lembrar que todos ainda têm interesses, paixões e identidades inteiras fora das quatro paredes do escritório.

Seu trabalho não deve ditar como você se sente 100% do tempo.

No entanto, se você está deixando sua carreira ocupar toda a sua vida, será difícil deixar o trabalho no escritório. Em breve, seu trabalho estará impactando sua visão geral e afetando sua percepção de coisas que nem remotamente estão relacionadas ao trabalho.

Acredite em alguém que já esteve lá. Você sabe que sua carreira está consumindo muito mais do que deveria, quando um dia ruim no trabalho rapidamente se transforma em uma bola de neve em você atacando seu parceiro sem motivo e acaba chorando em seu carro no estacionamento do supermercado – várias vezes por semana.

Dedicar-se à sua carreira é admirável, mas apenas contanto que você não ultrapasse uma linha e a deixe dominar o resto de sua vida. Você reconhece algum desses sinais e sintomas em sua situação atual? Bem, é hora de dar um passo atrás e reavaliar suas prioridades. Ou tire férias muito necessárias – você merece.

Publicidade

Se você gostou desse artigo, clique aqui e encontre mais informações e dicas sobre comportamento.

- Publicidade -

Mais vistos