InícioAnimais7 diferenças entre cães e gatos, o que torna cada um tão...

7 diferenças entre cães e gatos, o que torna cada um tão especial

Publicidade

Quantas diferenças entre cães e gatos você consegue identificar?

Ambos podem ser peludos (na maioria das vezes), mas os dois animais são muito diferentes um do outro. Na verdade, a diferença entre cães e gatos pode não ser tão fácil de notar como você pensa.

Abaixo estão as 7 maiores diferenças entre os dois pets.

Continue a ler após a publicidade.

1) A maneira como cães e gatos se exercitam é bem diferente

Se você está procurando um companheiro de treino, um gato pode não ser sua melhor escolha.

Embora os gatos sejam conhecidos por serem ágeis e ocasionalmente passarem o tempo brincando com você, eles não são conhecidos por serem atléticos, por si só. 

Os cães, por outro lado, costumam ser ótimos companheiros de exercícios. Muitas raças gostam de correr e fazer caminhadas, e farão uma caminhada feliz em qualquer viagem.

Só porque os gatos não fazem exercício, não significa que não sejam ágeis.

Os gatos têm muita massa muscular magra e vão atacar ou pular ao perseguir a presa, mesmo que essa presa seja um brinquedo de pena divertido que você esteja balançando para frente e para trás no tapete.

Brincar com cães e gatos também é muito diferente. Enquanto muitos cães gostam de um jogo de busca, os gatos geralmente veem você jogar uma bola e vão embora, sem vontade de entrar no jogo. 

Para um gato, o recreio divertido pode consistir em pular quando você está deitado sob as cobertas e dormindo. 

Os gatos são animais noturnos, diz a Animal Humane Society, e gostam de brincar à noite, quando seu cão provavelmente já está roncando.

2) A mentalidade de grupo é diferente para as duas espécies 

Os cães são membros da matilha e, ao longo da história, trabalharam em grupos. Por causa disso, eles veem seu pai de estimação como o líder da matilha, procurando orientação e seguindo-a de perto. 

Recomendamos:  Aprenda a usar o limão para limpar roupas, torneiras e superfícies

Os cães tendem a trabalhar juntos para fazer as coisas, então seu cão se envolverá em suas rotinas como uma forma de se conectar com você.

Os gatos são caçadores solitários. Eles são criaturas muito independentes e muitas vezes não dependem de seus humanos para muito além de suas necessidades básicas de comida e uma caixa de areia limpa. 

Eles se contentam em ficar sozinhos por horas a fio. Para se conectar com um gato, geralmente você precisa dar o primeiro passo. 

Só porque eles não são animais de grupo, não significa que não gostem de receber um carinho nas costas de sua família humana.

3) O comportamento é uma das principais diferenças entre cães e gatos

Durante o dia, seu cão é ativo e brincalhão. Embora ele possa tirar uma soneca ocasional, ele prefere estar ao seu lado. 

Um gato, por outro lado, dorme durante grande parte do dia, preferindo ficar ativo e agitado logo na hora de você ir à cama dormir à noite. 

Os gatos são mais brincalhões à noite, mas há muitos gatos que encontram tempo para seus pais de estimação durante o dia. Uma rotina ajuda a colocar seu gato mais dentro de sua programação.

Uma grande diferença entre cães e gatos é a maneira como eles soam. Seu cão vai latir, uivar ou rosnar, enquanto um gato mia ou rosna.

Ao dar sinais de alerta, os gatos frequentemente arqueiam as costas e os pelos das costas poderão se arrepiar. Os cães mostram um aviso mostrando os dentes e olhando fixamente. 

Recomendamos:  Coma alimentos apimentados, eles fazem bem à saúde

Ambos os animais geralmente emitem sons, como rosnados ou latidos, ao alertar outro animal ou humano para manter distância.

Continue a ler após a publicidade.

O comportamento é difícil de comparar de perto, porque, como os humanos, o comportamento e a personalidade de cães e gatos podem variar muito.

Alguns gatos são extrovertidos; outros cães são introvertidos. As espécies e a raça apenas determinam muito o comportamento. 

O resto é deixado para sua personalidade individual e os fatores ambientais em que são criados todos os dias.

4) A comida é outra diferença entre cães e gatos

Cães e gatos gostam de comer. No entanto, os gatos precisam ingerir refeições menores e mais frequentes do que os cães. É importante entender completamente as necessidades nutricionais do seu animal de estimação. 

Fale com seu veterinário para determinar o plano de refeição perfeito para seu amigo peludo.

5) As características físicas de cada animal de estimação são óbvias aos olhos

Garras são evidências da diferença entre cães e gatos. As garras do seu cão são mais cegas do que as do gato, simplesmente porque estão sempre de fora, e o solo em que ele anda desgasta as garras. 

Um gato tem garras muito afiadas e retráteis que são usadas para proteção e para se agarrar a coisas, como algo que ele escalaria.

Cães e gatos podem ser excelentes caçadores. No entanto, a maneira como eles se aproximam de suas presas é muito diferente.

Os gatos são escaladores e usam suas garras para escalar árvores e então, sem esforço, pular de lugares altos. 

Os cães são criaturas presas à terra. Enquanto alguns são conhecidos por pular, os cães são mais propensos a usar o nariz para encontrar a presa ou velocidade para pegá-la.

Recomendamos:  Seres de seis dos abismos mais profundos dos oceanos têm plásticos em seus organismos

6) Cães e gatos usam o banheiro de maneira diferente

Um gato que usa a caixa de areia pode conquistá-lo mais rápido do que um cachorro que precisa se aliviar ao ar livre e é muito exigente quanto ao pedaço exato de grama em que “ir ao banheiro”.

No entanto, é possível treinar seu cão em casa. Os gatos aprendem a usar uma caixa sanitária rapidamente, muitas vezes por instinto e requerem apenas alguns lembretes.

7) O treinamento mostra diferenças entre cães e gatos

É um equívoco pensar que os gatos não são treináveis. Muitos são! No entanto, os gatos costumam expressar sua opinião. 

Lembre-se de que os cães são animais de grupo que seguem de perto e de boa vontade as ordens do dono, pois os donos são vistos como o lider do grupo. 

Os gatos não compartilham a mesma obediência. Os gatos são independentes. 

É importante manter todas as sessões de treinamento felino muito curtas, mas seja consistente e continue tentando, pois a memória deles dura muito mais do que a de um cão. 

Ao contrário dos gatos, os cães podem ser treinados em grupo. Eles também podem suportar sessões mais longas para ajudá-los a se lembrar de tudo o que aprenderam.

Você pode precisar abordar o treinamento de forma diferente com cães e gatos, mas ambas as espécies gostam de mimos como forma de elogio por seu trabalho árduo.

Embora cães e gatos sejam muito diferentes, é claro, os dois são ótimos companheiros. Tudo o que eles precisam é do amor e do cuidado de seus pais de estimação para serem animais felizes e saudáveis.

Publicidade

Se você gosta de animais, clique aqui e veja mais informações interessantes sobre esses peludos. via: Hills

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais vistos