7 óleos essenciais para cabelo e seus benefícios

Quando se trata de usar óleos essenciais para o cabelo, há muitas opções benéficas. Esteja você procurando engrossar seu cabelo, tratar a caspa e ressecar o couro cabeludo, dar força e brilho ao seu cabelo ou clarear naturalmente, os óleos essenciais são muito mais seguros e tão eficazes quanto os produtos convencionais para o cuidado do cabelo.

Eles também são mais econômicos – um frasco de seu óleo essencial favorito pode não apenas nutrir seu cabelo, mas também ajudar a reduzir o estresse, aliviar a dor e combater infecções de pele.

Além disso, os óleos essenciais são totalmente naturais, o que significa que não contêm produtos químicos perigosos e são melhores para o meio ambiente e também para sua casa.

Os 7 melhores óleos essenciais para o cabelo

1) Lavanda

Óleo essencial de lavanda

Estudos demonstraram que o óleo de lavanda possui efeitos de promoção do crescimento do cabelo.

Em um estudo animal de 2016, a aplicação tópica de óleo de lavanda provou aumentar significativamente o número de folículos capilares em camundongos fêmeas.

O óleo de lavanda também foi capaz de aprofundar a profundidade dos folículos capilares e engrossar a camada térmica.

O óleo de lavanda tem propriedades antimicrobianas e pode ser usado para combater doenças bacterianas e fúngicas.

Alguns outros  benefícios do óleo de lavanda são sua capacidade de acalmar o couro cabeludo e curar pele e cabelos secos.

Além disso, como o estresse emocional é um fator que pode contribuir para a queda do cabelo, o óleo de lavanda pode ser usado para criar um ambiente tranquilo e sem estresse.

2) Alecrim

Óleo essencial de alecrim

O óleo de alecrim é um dos principais óleos essenciais para a espessura e o crescimento do cabelo. É usado para aumentar o metabolismo celular, o que estimula o crescimento do cabelo e promove a cicatrização.

A pesquisa mostra até que o óleo de alecrim parece funcionar tão bem quanto o minoxidil, um tratamento tópico convencional para queda de cabelo.

Quando se trata de melhorar a saúde do cabelo, os benefícios do óleo de alecrim também incluem a prevenção da calvície, desaceleração do processo de envelhecimento e tratamento da caspa e couro cabeludo seco.

Para usar óleo de alecrim no cabelo, coloque 3–5 gotas e misture com partes iguais de azeite de oliva e, em seguida, massageie a mistura no couro cabeludo por cerca de dois minutos. Deixe no cabelo por 3 a 4 horas e depois lave o cabelo como de costume.

3) Camomila

Óleo essencial de camomila

O óleo de camomila é um ótimo óleo essencial para o cabelo porque adiciona brilho e suavidade ao cabelo, enquanto acalma o couro cabeludo.

Você sabia que o óleo essencial de camomila pode ser usado para clarear o cabelo naturalmente? Combine 5 gotas de óleo essencial de camomila com uma colher de sopa de sal marinho e um terço de xícara de bicarbonato de sódio.

Use água morna para criar uma pasta e aplique a mistura no cabelo. Massageie-o no couro cabeludo e na base do cabelo e, em seguida, deixe-o descansar por cerca de meia hora antes de enxaguar.

Se você quiser um efeito mais ousado, mantenha a pasta enquanto se senta ao sol.

A pesquisa sugere que 50 por cento das mulheres tingem o cabelo regularmente e se sentem mais atraentes logo depois de tingir o cabelo, mas os produtos capilares convencionais usados ​​para clarear o cabelo, contêm substâncias químicas perigosas que podem causar inúmeros riscos à saúde.

Recomendamos:  Estas 8 dicas vão ajudar a superar a ansiedade social e acabar com a timidez

Escolher uma alternativa natural irá garantir que você não seja exposto a produtos de tingimento de cabelo, não saudáveis, como formaldeído e alvejante (peróxido de hidróxido).

4) Cedro

Óleo essencial de cedro/pinho

O cedro é usado para ajudar a estimular os folículos capilares, aumentando a circulação no couro cabeludo. Pode promover o crescimento do cabelo e retardar a queda de cabelo; também pode tratar o cabelo ralo e vários tipos de alopecia.

Um estudo conduzido na Escócia envolveu 86 pacientes que foram randomizados em dois grupos – um grupo massageava uma combinação de óleos de cedro, tomilho, alecrim e lavanda em uma mistura de óleos de jojoba e de semente de uva em seus couros cabeludos diariamente.

O grupo de controle usou apenas óleos carreadores diariamente. Após 7 meses, 44 por cento dos pacientes no grupo de óleo essencial apresentaram melhora dos sintomas de alopecia, enquanto apenas 15 por cento do grupo de controle mostraram melhorias.

O óleo essencial de cedro também pode ajudar a reduzir as irritações da pele e repelir insetos, o que pode ser benéfico nas noites de verão, quando você passa algum tempo ao ar livre.

O cedro pode ser aplicado topicamente no couro cabeludo e no cabelo. Ele se mistura bem com óleos suaves, como lavanda, e óleos veiculares, como óleo de coco.

Você também pode adicionar 2–3 gotas de óleo de cedro ao condicionador caseiro.

5) Sálvia Esclareia

Óleo essencial de sálvia esclareia

Um importante éster no óleo de sálvia chamado acetato de linalila reduz a inflamação da pele e regula a produção de óleo na pele.

Sálvia esclareia também funciona como um remédio natural para erupções cutâneas e também como um agente antibacteriano.

Mas talvez o mais importante, a sálvia pode ser usada para ajudar a aliviar o estresse e equilibrar os hormônios.

Três tipos de queda de cabelo podem estar associados a altos níveis de estresse: eflúvio telógeno, tricotilomania (puxões de cabelo) e alopecia areata.

Como a sálvia pode ser usada para ajudar a aliviar o estresse e reduzir os níveis de cortisol no corpo, ela funciona como um remédio natural para a queda de cabelo induzida pelo estresse.

Sálvia esclareia funciona bem com óleo de jojoba; os dois podem ajudar a regular a produção de óleo na pele, ajudando a evitar manchas escamosas ou que causam caspa.

Para aliviar o estresse, que está associado à queda de cabelo, você pode difundir o óleo de sálvia em casa ou aplicar algumas gotas nos pulsos, têmporas e planta dos pés.

6) Óleo de capim-limão

Óleo essencial de capim-limão

O óleo essencial de capim-limão tem propriedades curativas e funciona como um limpador e desodorizante eficaz. Pode fortalecer os folículos capilares e acalmar o couro cabeludo com coceira e irritação.

Na verdade, um estudo de 2015 descobriu que a aplicação de óleo de capim-limão reduziu a caspa significativamente após sete dias e aumentou o efeito ainda mais após 14 dias de aplicação tópica.

Alguns benefícios adicionais do óleo de capim-limão incluem sua capacidade de funcionar como um repelente natural de insetos, aliviar o estresse (que está associado à queda de cabelo) e tratar dores de cabeça.

Recomendamos:  Você perde 15 minutos de vida por cada salsicha que come, revela pesquisa

Você pode adicionar 10 gotas de óleo de capim-limão ao frasco de xampu ou condicionador, ou massagear 2–3 gotas no couro cabeludo junto com o condicionador diariamente.

O óleo de capim-limão também pode ser difundido em casa para reduzir o estresse e desintoxicar o espaço.

7) Hortelã-pimenta

Óleo essencial de hortelã-pimenta

O óleo de hortelã-pimenta ajuda a estimular o couro cabeludo e pode tratar a caspa e até mesmo os piolhos, devido às suas poderosas propriedades anti-sépticas.

A pesquisa mostra que o óleo de hortelã-pimenta também promove o crescimento do cabelo. Em um estudo animal de 2014, a aplicação tópica de óleo de hortelã-pimenta por quatro semanas mostrou efeitos proeminentes no crescimento do cabelo, aumentando a espessura da derme, o número e a profundidade do folículo.

A hortelã-pimenta tem uma agradável sensação de resfriamento quando aplicada topicamente e ajuda os efeitos calmantes a reduzir a inflamação da pele.

Além desses usos de óleo de hortelã-pimenta, ele também funciona para energizar sua mente, melhorar seu humor e aliviar a tensão ou dores de cabeça.

Adicione 2-3 gotas de hortelã-pimenta ao seu shampoo ou condicionador para um rápido despertar durante o banho matinal.

5 benefícios dos óleos essenciais para o cabelo

 1) Estimular o crescimento do cabelo

É comum para quem sofre de queda de cabelo recorrer à cirurgia de substituição de cabelo e produtos tópicos para queda de cabelo na esperança de recuperar a cabeça cheia de cabelo.

Mas sua primeira linha de defesa ao combater a queda de cabelo deve ser abordar a causa raiz, seja aumentando a circulação, lutando contra a inflamação ou adicionando umidade.

O surpreendente sobre os óleos essenciais é que algumas gotas podem fazer todas essas coisas por você. Você não precisa usar produtos que contenham produtos químicos para estimular o crescimento do cabelo; óleos essenciais como alecrim e cedro podem ser usados ​​topicamente para ajudar a prevenir e reverter a queda de cabelo.

2) Livre-se da caspa

Outra preocupação comum é como se livrar da caspa, uma doença de pele que afeta 50% da população mundial. A caspa é causada pelo acúmulo de pele morta e, em casos mais graves, um organismo semelhante a uma levedura a torna ainda mais grave.

Também pode ser causado por produtos para os cabelos que contêm ingredientes químicos que deixam o couro cabeludo vermelho, com coceira e escamosa.

As propriedades suaves, curativas e hidratantes de óleos essenciais como lavanda e capim-limão irão ajudá-lo a combater a caspa naturalmente – aliviando problemas comuns de cuidados com o cabelo, como couro cabeludo escamoso e coceira.

3) Alimente seu cabelo

As pessoas tendem a gastar muito dinheiro em produtos para os cabelos que são usados ​​para deixar seu cabelo mais brilhante e liso.

Infelizmente, muitos desses produtos estão fazendo mais mal do que bem. O tratamento de queratina, por exemplo, contém ingredientes tóxicos como formaldeído, que é conhecido por ser um carcinógeno humano.

Em vez de recorrer a esses métodos convencionais, o uso de óleos essenciais para o cabelo deixará seus cabelos mais fortes e saudáveis, sem os efeitos colaterais potenciais.

As propriedades hidratantes, calmantes, anti-inflamatórias e anti-sépticas dos óleos essenciais atuam para nutrir o cabelo naturalmente.

Recomendamos:  10 maneiras de melhorar a força mental para enfrentar qualquer desafio

4) Evite cabelos oleosos

Suas glândulas sebáceas são responsáveis ​​por manter os níveis de hidratação adequados por meio do sebo ou do óleo que elas produzem.

Isso é o que dá ao seu cabelo um brilho saudável, mas quando suas glândulas produzem muito óleo, pode fazer seu cabelo parecer oleoso, mesmo quando você acabou de lavá-lo naquela manhã.

Alguns óleos essenciais, como a hortelã-pimenta, podem ajudar a controlar a produção de sebo, deixando o cabelo sem óleo e com brilho.

5) Reduza o estresse e equilibre os hormônios

A pesquisa mostra que o estresse está associado à perda de cabelo, portanto, a um desequilíbrio hormonal. O estresse provoca inflamação e induz prematuramente a regressão do folículo capilar, levando à queda de cabelo.

Pode parecer muito fácil, mas simplesmente difundir óleos essenciais calmantes e anti-stress como lavanda e sálvia em casa pode ajudar a reverter a queda de cabelo naturalmente.

Como usar óleos essenciais em receitas caseiras para o cabelo

Todos esses óleos essenciais para o cabelo são fáceis de encontrar online ou em sua loja local de produtos naturais. É muito importante que você compre apenas óleos essenciais 100% puros, especialmente quando estiver ingerindo o óleo ou aplicando-o topicamente.

Também é uma boa ideia fazer um teste de remendo com qualquer óleo essencial que você está usando pela primeira vez. Como os óleos essenciais são tão potentes, eles devem ser diluídos com um óleo carreador antes da aplicação tópica.

Alguns óleos carreadores benéficos para o cabelo incluem:

Óleo de coco  – o  óleo de coco contém ácidos graxos de cadeia média, incluindo ácido láurico e ácido cáprico, que possuem fortes propriedades antivirais, antimicrobianas e antifúngicas. Essas propriedades ajudam a limpar completamente o cabelo e o couro cabeludo, ajudando assim a prevenir e tratar problemas como a caspa.

Óleo de Jojoba  – o óleo de Jojoba estimula o crescimento do cabelo e hidrata o couro cabeludo. Atua como emoliente, acalma a pele e desobstrui os folículos capilares.

Azeite  – o azeite é uma fonte de vitamina E e outros antioxidantes. Alguns benefícios do azeite de oliva incluem sua capacidade de hidratar e acalmar a pele, trabalhando para se livrar do couro cabeludo seco e da caspa.

Você pode simplesmente combinar seus óleos essenciais para o cabelo e um óleo carreador de sua escolha e massagear a mistura no couro cabeludo. Você também pode adicionar óleos essenciais ao seu shampoo ou condicionador de uso diário.

Considerações finais sobre óleos essenciais para o cabelo

Em vez de usar produtos convencionais para o cabelo, que contêm substâncias químicas perigosas e até cancerígenas, os óleos essenciais para o cabelo são totalmente naturais e igualmente eficazes.

Os óleos essenciais para o cabelo podem ajudar a melhorar a saúde do seu cabelo de várias maneiras, seja para engrossar o cabelo, dar brilho, hidratar o couro cabeludo, tratar a caspa ou clarear o cabelo naturalmente.

É simples usar óleos essenciais para o cabelo – simplesmente combine seu óleo favorito com um óleo carreador e massageie a mistura em seu couro cabeludo. Você também pode difundir óleos essenciais em casa para combater o estresse e ajudar no crescimento do cabelo.

Via: draxe



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *