InícioCuriosidadesApós descobrir de que é feito o Miojo nunca mais vou comer...

Após descobrir de que é feito o Miojo nunca mais vou comer isso

Publicidade

O nome Miojo é utilizado atualmente para todo tipo de macarrão instantâneo e define esse tipo de macarrão pré-cozido. Em todo o mundo, segundo a revista “Exame”, foram consumidas mais de 103 bilhões de “Miojos”(tanto de pacote como também o macarrão de copo) no ano de 2018, e só no Brasil, no mesmo ano foram consumidos 2,4 bilhões.

Na China o macarrão instantâneo é consumido como lanche para estudantes, uma refeição no trem ou como uma opção prática para os trabalhadores o que fez do país um dos maiores consumidores mundiais durante muito tempo, no entanto, mais interessados em manter uma boa qualidade de vida, o povo chinês já diminuiu o consumo desse produto nos últimos anos, uma queda de praticamente 17% só no ano de 2016.

Entenda aqui neste artigo os motivos que fizeram o povo chinês e muitos outros ao redor do mundo diminuir o consumo de macarrão instantâneo, conheça a história do miojo, sua composição química e os efeitos que o miojo pode ter no seu organismo. Você? Vamos falar um pouco mais sobre isso neste artigo.

História do Miojo

O macarrão foi inventado no ano de 1958 por Momofuku Ando, o fundador da marca Japonesa Nissin Foods após perceber a demanda por alimentos fáceis de preparar depois da Segunda Guerra Mundial.

O Japão mesmo sendo o criador do Miojo, é o quarto país com o maior consumo do macarrão instantâneo e o Brasil está em décimo no ranking do consumo mundial de miojo. Outro dos principais consumidores de macarrão instantâneo do mundo é o povo norte-americano.

Recomendamos:  Eu não consigo parar de trair o meu namorado, diz jovem de 25 anos

Porque tantas pessoas consomem Miojo?

A razão de ser tão utilizado por milhares de pessoas é a sua praticidade, podendo ser preparado e consumido em poucos minutos. Basta em uma panela com água fervente colocar o macarrão e então em mais ou menos 3 minutos ele estará cozido, depois basta adicionar o tempero que também acompanha o macarrão na embalagem, este tempero tem os mais diversos sabores, frango, carne, queijo e até caldinho de feijão.

Composição do Miojo

O Miojo é um alimento pobre em fibras, proteínas e muito rico em carboidratos, gorduras e sódio, ferro, betacaroteno, carbonatos de potássio e de tripolifosfato.

Ingredientes como farinha, sal e óleo. Composto com corantes e reguladores de acidez. Em alguns casos, a farinha pode ser enriquecida com ingredientes com ferro e ácido fólico.

Normalmente é utilizada uma farinha de trigo moída, refinada e branqueada, chamada de maída, rica em sabor, mas por ser altamente processada, possui teor zero de nutrição.

Continue a ler após a publicidade.

Um pacotinho de 80 gramas de Miojo tem cerca de 350 calorias. Também estão presentes nessa mesma porção: cerca de 50 gramas de carboidratos, 8 gramas de proteínas, 15 gramas de gorduras totais, cerca de 7 gramas são de gorduras saturadas, 2,5 gramas de fibras e 1500 miligramas de sódio.

Porque o Miojo pode causar infarto, AVC e até câncer

Você sabia que o macarrão do tipo miojo é submetido a um processo de fritura antes de ser colocado na embalagem? Esse é apenas um dos fatores que tornam o consumo exagerado de macarrão instantâneo um perigo para a sua saúde.

Recomendamos:  Criança fica confusa quando descobre que o pai tem um irmão gêmeo idêntico

A nutricionista Mariana Ferri D’Avila alerta: “o macarrão instantâneo tem alto teor de gordura hidrogenada, que é uma gordura muito prejudicial ao nosso organismo.

É uma gordura que se agrega na parede dos vasos e isso pode causar doenças, como um infarto, AVC e também surgir um câncer.”

Sobre a farinha de trigo, ultra processada, chamada maina, o nutricionista indiano Simran Saini comenta: “Geralmente, foi visto que esses miojos à base de maída prejudicam o processo digestivo.

Seus remanescentes podem atingir a área do apêndice e desencadear infecções”. O médico comenta ainda que a ingestão regular pode causar diversos outros problemas à saúde.

De acordo com o Ministério da Saúde do Brasil, a quantidade máxima diária recomendada de sódio, é de 2000 miligramas, enquanto a quantidade de sódio presente em um único pacote de miojo é de 1500 miligramas!

Por isso, muitos brasileiros ultrapassam esse limite todos os dias através do consumo de alimentos processados, lanches rápidos e outras refeições, o que aumenta os riscos de hipertensão e desenvolvimento de diversas doenças cardíacas.

Além disso, o tempero do macarrão instantâneo tem alto teor de glutamato monossódico, um realçador de sabor que, segundo alguns especialistas também faz mal à saúde, podendo levar às tonturas, enxaquecas, fraquezas e até doenças mais graves como o câncer.

Miojo é alimento rápido, barato e fácil de preparar. Trocar uma refeição por um Miojo ou um lanche rápido é muito comum para quem quer economizar tempo, ainda mais no nosso dia a dia corrido, e quem nunca fez isso, não é mesmo?

Recomendamos:  Pessoas preferem conviver com animais do que com familiares e amigos

No entanto, assim como a maioria dos alimentos ultra processados, seu consumo excessivo além de não fazer bem algum, pode fazer mal, trazendo sérias complicações em nosso organismo.

A melhor coisa é a moderação! Alimentos processados devem ser consumidos muito esporadicamente. Existem outras opções de alimentos rápidos e práticos que ainda podem fazer bem para nossa saúde, mas isso é assunto para um próximo artigo!

Publicidade

Entre aqui e veja outras matérias do site sinais de luta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais vistos