Assuma o controle total de seus problemas e seja feliz com qualquer parceiro

Assuma o controle total de seus problemas e seja feliz com qualquer parceiro

Procurando por aquela pessoa especial? Desejando poder mudar a pessoa com quem está? Você pode precisar começar dando uma boa olhada no espelho.

Muitos livros sobre relacionamentos irão lhe dizer como encontrar e manter a pessoa certa, como desenvolver suas habilidades de comunicação – até mesmo como se “marcar” adequadamente com o conjunto certo de atributos para atrair um parceiro.

Embora esses recursos ofereçam muitos conselhos úteis, eles tendem a ignorar um fato importante: a busca por um parceiro ideal invariavelmente começa com um longo olhar para dentro.

Você pode praticar técnicas de comunicação, fazer listas intermináveis ​​das características que procura em um parceiro e resolver ser mais compreensivo, mas até que esteja disposto a dar a si mesmo o amor e a atenção que anseia receber de outra pessoa, e até que possa.

Ao reivindicar as mesmas características que você busca em outra pessoa, há boas chances de você permanecer insatisfeito em praticamente qualquer relacionamento.

A vida é tão boa quanto seu relacionamento com você mesmo. Isso porque ninguém está mais qualificado para lhe dar o que você realmente quer e precisa.

Só você conhece os desejos mais profundos do seu coração. Só você sabe exatamente o que quer ouvir, sentir e fazer.

Lista de Desejos

Aqui estão alguns itens que você pode encontrar em uma “lista de desejos” típica para um companheiro ideal:

  • Me respeita
  • Me entende
  • Me ama incondicionalmente
  • Quer passar um tempo comigo
  • Me apoia no que eu quero fazer

Parece maravilhoso, não é? Mas e se você fosse capaz de entregar todos os itens desta lista com entusiasmo e confiabilidade?

Imagine, por um momento, a dinâmica de atração e conexão que pode existir entre duas pessoas que já são adeptas de satisfazer suas próprias necessidades e já seguras em sua compreensão e apreciação de si mesmas. Seria um relacionamento incrível, certo?

O fato é que, se você quer um parceiro que o respeite, primeiro você deve respeitar a si mesmo. Se você quer alguém que o entenda, primeiro você deve entender a si mesmo.

Vir de uma posição de segurança emocional e respeito próprio reduz nossa tentação de nos envolvermos em um relacionamento romântico simplesmente para preencher nossas lacunas emocionais.

Ele nos permite abordar relacionamentos potenciais de uma posição de plenitude e força, ao invés de uma posição de carência, solidão ou desespero.

Recomendamos:  Menina de 8 anos prefere distribuir comida a moradores de rua em vez de celebrar seu aniversário

Ironicamente, possuir esse tipo de integridade e autoconfiança também o tornará dramaticamente mais atraente para o tipo de pessoa que você espera atrair.

Isso vai melhorar seus instintos emocionais, permitindo que você se arrisque com segurança a ser mais vulnerável, acessível e compassivo.

Também o ajudará a desenvolver as habilidades e a consciência necessárias para realmente amar e valorizar outra pessoa.

Como resultado, se você está procurando um parceiro, você terá mais sorte atraindo um indivíduo saudável, íntegro e bem equilibrado – alguém interessado em construir um relacionamento real, não em jogar o jogo de salvar e ser salvo.

Se você já está com alguém, será mais capaz de ver seus pontos fortes e será muito mais provável que ele os compartilhe com você.

Ame aquele com quem você está

Existe uma espécie de magnetismo que existe entre pessoas com valores, características e capacidades semelhantes.

Uma boa maneira de começar a desenvolver mais das características que você gostaria de ver em seu parceiro é reformular as solicitações e desejos voltados para o relacionamento de modo que reflitam um foco interno em vez de externo.

Por exemplo, em vez de dizer: “Eu gostaria de ter um parceiro que fosse “(preencha o espaço em branco), você pode tentar dizer “Eu gostaria de poder ser” e ver se esse sentimento soa verdadeiro de alguma forma, ou se esse tipo de evolução pode ser possível para você.

Isso é importante porque, inconscientemente, tendemos a buscar características e atributos nos outros que ainda não foram desenvolvidos em nós. Isso vale para tudo, desde criatividade e atletismo até confiança e sucesso profissional.

Outra maneira de mudar a perspectiva: assuma o controle total de seus próprios problemas.

Se você está em um relacionamento em que a comunicação é um desafio, em vez de perguntar: “Como podemos nos entender melhor?” você pode perguntar: “Como posso me entender melhor – para que eu possa assumir a responsabilidade por minhas próprias ‘coisas’?”

Em vez de perguntar: “Como podemos ser mais sensíveis às necessidades uns dos outros?” em vez disso, você pode perguntar: “Como posso saber o que realmente quero e preciso? Posso dar isso a mim mesmo em vez de apenas exigir do meu parceiro? “

Pode parecer contra-intuitivo procurar dentro de você o que você obviamente quer de outra pessoa. Você pode pensar: “Mas eu não quero me amar, quero que outra pessoa me ame. Quero que outra pessoa atenda às minhas necessidades”. Em algum nível, a maioria de nós se sente assim.

Recomendamos:  6 coisas que envenenam qualquer relacionamento

Graças aos contos de fadas, canções de amor populares e TV, crescemos com uma dieta constante de histórias do tipo “felizes para sempre”.

Achamos que, se pudermos encontrar a pessoa certa, não teremos que fazer nada – apenas relaxar e ser adorados incondicionalmente.

Mas será que realmente acharíamos essa mentalidade passiva atraente em um bom amigo ou parceiro em potencial? Provavelmente não. O bom senso e a experiência nos dizem que isso simplesmente não funciona.

A maior vantagem de se tornar a pessoa que você deseja encontrar é que, mesmo se você se encontrar voando solo por um tempo, ainda terá muitos dos componentes do relacionamento que sempre desejou. E isso torna o solo muito mais divertido.

Olhando para dentro

Então, como você pode se tornar a pessoa que deseja encontrar? Aqui estão dois processos que ajudam a desenvolver sua capacidade de olhar para dentro, aprender a aceitar o que você vê e, então, abraçar a si mesmo com compaixão de coração aberto.

Cada um o ajuda a avaliar e melhorar como você atua em todos os aspectos de sua vida, não apenas em um relacionamento amoroso. Mas cada um também o ajudará a perceber e valorizar o que há de melhor em seu parceiro.

Examine suas crenças e suposições inconscientes.

Para a maioria de nós, o relacionamento de nossos pais é o paradigma que mantemos para todos os relacionamentos.

Se foi bom ou ruim (ou algo intermediário), não importa; é o que foi modelado para nós e é o que aprendemos.

Você pode não acreditar que o modelo de relacionamento impresso em seu inconsciente, décadas atrás, possa afetar seus relacionamentos agora, mas afeta.

A maneira como você se relaciona consigo mesmo e, subsequentemente, a maneira como se relaciona com os outros são fortemente influenciadas por esse padrão impresso.

Até você poder reconhecê-lo e ir além dele, é improvável que você encontre suas melhores escolhas sendo atendidas.

Por exemplo, se você acredita que amar e aceitar-se incondicionalmente é egoísta ou vaidoso, você nunca estará aberto para receber amor incondicional de outra pessoa. Se você está fechado para si mesmo, então está fechado, ponto final.

Recomendamos:  Quem tem uma Bruna tem tudo, ela é uma verdadeira dádiva 💓

Sente-se com um diário ou faça uma longa caminhada e revise suas crenças e suposições sobre todo o conceito de “relacionamento”.

Pense em como os modelos que você aprendeu na infância podem estar colocando o baralho contra você.

Após compreender como suas ideias arraigadas sobre relacionamentos podem estar operando em um nível subconsciente, seus esforços conscientes para fazer as coisas de maneira diferente terão muito mais sucesso.

Domine suas projeções.

Assim como provavelmente achamos atrativos nos outros os próprios atributos e habilidades que mais queremos desenvolver em nós mesmos, também estamos constantemente projetando nossas próprias ideias, sentimentos e motivações em outras pessoas.

Reconhecer essa tendência quando ela ocorre e observá-la com compaixão (em oposição a muitos auto-julgamentos) pode ajudá-lo a dar passos gigantescos em direção à autoaceitação e à autoconsciência.

Uma de nossas crenças mais fortes é que podemos saber com certeza o que está motivando outra pessoa.

Por exemplo, digamos que seu cônjuge passe mais tempo perseguindo seu hobby do que com você, e você projeta que isso significa que ele não valoriza muito seu relacionamento.

Você provavelmente se sente magoado, ignorado, com raiva e abandonado. Mas você pode estar projetando um significado no comportamento de seu parceiro que não tem nada a ver com seus sentimentos ou motivações reais.

Você realmente tem medo de que ele valorize seu hobby mais do que você? Você valoriza algum aspecto da sua vida mais do que o seu relacionamento? Ou será que você gostaria de ter uma paixão pela qual se importava tanto?

Sua resposta emocional pode ter mais a ver com sua reação às suas próprias projeções do que com a própria realidade. Quando essa nova consciência surge, surge também a possibilidade de um exame honesto no qual ninguém é culpado.

Lembre-se de que os relacionamentos são, por sua própria natureza, reflexivos. Estamos aqui, e nos relacionando uns com os outros, para nos ajudarmos a aprender.

Pode ser muito útil perceber que cada pessoa em nosso meio é, de alguma forma, um reflexo de um aspecto de nós mesmos.

O que quer que encontremos para invejar, cobiçar, desejar ou odiar em outra pessoa é muito provavelmente algo que está chamando nossa atenção aqui mesmo em casa.

Via: experiencelife


👇👇 - matérias recentes - 👇👇


Homem pede à polícia para prendê-lo, ele quer escapar da esp...
Mandei mensagem para o meu ex, o que aconteceu depois mudou ...
Pessoas estão compartilhando histórias emocionantes sobre su...
8 hábitos ​​que tornam um relacionamento firme e forte
10 sinais claros que Deus não quer que você desista de algué...
Seu marido a abandonou por mensagem, mas ela deu a volta por...
Das telas à vida real, primeiro encontro online, o que fazer
10 dicas para deixar um geminiano obcecado por você
Mulher casa com amor de infância após 30 anos, quando ela lê...
Exigi que minha esposa fizesse um teste de paternidade depoi...
Se você sair da minha vida sem motivos não volte com desculp...
Mulher brinca que seu namorado cego é perfeito porque ele nã...
Pai confuso não consegue distinguir bebês gêmeos, então ele ...
Como escrever uma carta de amor perfeita
6 sinais que o seu homem é fiel e não vai trair
7 sinais que você está cansada do seu relacionamento
6 coisas que mudam quando você se casa
Fotógrafo revela 3 sinais que o casamento não vai durar
5 sinais que sua relação vai dar em casamento
Como deixar um relacionamento tóxico quando você ainda ama s...
7 sinais de que você é só uma opção para ele
Mulher indignada após namorado dar presentes usados para ela
Casais que jogam videogame são os mais felizes, estes são os...
Estas são as 8 coisas que os homens querem da esposa
8 sinais que ele está louco por você
Cozinhar com o meu namorado me ensinou que o relacionamento ...
10 textos românticos para enviar ao seu parceiro, melhores q...
Homem trai namorada e ela se vinga fazendo-o tatuar seu nome
Estas 12 atitudes revelam que seu namorado não te ama de ver...
10 ideias únicas e simples de aniversário para derreter o co...
11 maneiras de inspirar e incentivar seu cônjuge
Fui a outra mulher em vários relacionamentos mas agora acabo...
7 sinais que é hora de ir viver junto
Estes são os 7 segredos sobre a sua vida que você nunca deve...
A maneira como você e seu parceiro lidam com conflitos revel...
9 coisas simples que as namoradas fazem e os seus namorados ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *