Caminhar acalma o cérebro, alivia a dor e recupera o corpo

Caminhar acalma o cérebro, alivia a dor e recupera o corpo

Se você se sentir triste, preocupado ou ansioso, um dos melhores remédios naturais é caminhar. Afaste-se, literalmente, da origem do problema e mergulhe em um ambiente natural. Não há nada melhor do que um passeio agradável para aliviar a dor, livrar-se do estresse acumulado e recarregar as baterias.

De fato, sabe-se que o exercício, e a caminhada em particular, é uma excelente terapia para o tratamento da depressão e da ansiedade.

Tem sido demonstrado que a caminhada em ritmo sustentado promove a liberação de endorfinas, hormônios que nos fazem sentir felizes e relaxados, reduzindo a produção de cortisol, o hormônio do estresse.

Além disso, neurocientistas da Universidade de Princeton acreditam que os efeitos de uma saudável caminhada além da produção momentânea de alguns neurotransmissores, e acreditam que a caminhada regular pode até mesmo ajudar a regenerar o cérebro para nos ajudar a lidar melhor com menos stress do problemas cotidianos.

Os “neurônios calmantes” no cérebro

Esses pesquisadores trabalharam com dois grupos de cobaias, um grupo permaneceu ativo e o outro destinado a uma vida sedentária.

Depois de caminhar, os cientistas analisaram seus cérebros e descobriram que nos animais que faziam atividade física, alguns neurônios eram ativados, o que inibia a atividade das células nervosas que estavam excitadas demais.

Então eles acrescentaram algum estresse ambiental e encontraram a ativação de neurônios excitáveis ​​no hipocampo, uma região do cérebro envolvida em respostas emocionais.

No entanto, animais andando poderiam lidar melhor com essa ativação cerebral, já que até mesmo os “neurônios calmantes” foram ativados para evitar que o impacto da situação fosse excessivo e para manter o estresse sob controle.

Recomendamos:  Assim acontece a conexão entre animais de estimação e seus donos

Esses resultados, que os neurocientistas também consideram valiosos para os seres humanos, poderiam explicar por que a caminhada nos ajuda a relaxar e esquecer preocupações e dores.

Tudo indica que, quando caminhamos, o cérebro ativa os “neurônios calmantes” que inibem o nível de excitação dos neurônios que são a base das preocupações, das lucubrações e do estresse.

Isso indica que a atividade física ajuda a reorganizar o cérebro, tornando menos provável que as pessoas que andam e se envolvam em atividade física regularmente sofram de altos níveis de ansiedade e o estresse interferirá menos durante suas vidas diárias.

Basicamente, andar melhora o mecanismo de inibição que impede que as células nervosas mais excitáveis ​​se tornem hiperativas.

Para obter o máximo benefício da caminhada, é melhor escolher um caminho cercado pela natureza

Não é o mesmo andar em uma esteira, entre as quatro paredes de uma academia, na cidade ou no meio da natureza.

Neurocientistas da Universidade Heriot-Watt demonstraram isso monitorando a atividade cerebral de 12 pessoas enquanto caminhavam por 25 minutos em um shopping center, em um espaço verde e em uma rua movimentada.

O eletroencefalograma móvel monitorava emoções e estados como frustração, meditação, entusiasmo e atenção.

Então descobriram que o relaxamento e a meditação eram mais intensos quando os sujeitos caminhavam pelos espaços verdes.

Essas pessoas também se sentiam menos frustradas. Isso ocorre porque em espaços verdes nosso cérebro pode ser completamente desconectado e ativa o que é chamado de “atenção involuntária”, que tem a capacidade de se mover livremente em um estado bastante semelhante à meditação da atenção plena.

Recomendamos:  Qual o primeiro animal que você vê nessa imagem? Digite e veja o que revela sobre você e sua vida

Pelo contrário, nas ruas e centros comerciais, temos que estar mais atentos, por isso não temos a oportunidade de nos desligar completamente das nossas preocupações e de não permitir que o nosso cérebro descanse.

via; La Vida Lucida


👇👇 - matérias recentes - 👇👇


Conheça os benefícios do milagroso chá de sálvia
10 motivos importantes para parar de consumir açúcar
Homem trocou gato da esposa há 6 anos, ela ainda não faz ide...
Homem pede à polícia para prendê-lo, ele quer escapar da esp...
Desafios e benefícios de ser um bom ouvinte
Mandei mensagem para o meu ex, o que aconteceu depois mudou ...
Pessoas estão compartilhando histórias emocionantes sobre su...
O hábito de urinar muitas vezes durante a noite pode ser sin...
Quem nasceu em Dezembro têm mais chances de viver até aos 10...
Pai preso após levar a filha de 2 anos para o habitat de ele...
Carta de neto para seu avô doente emociona todos nas redes s...
5 razões para seguir seu coração para viver a vida que você ...
Como fazer essa versão de brigadeiro mais saudável
Aprenda a fazer este bolo que leva apenas 3 ingredientes e n...
Meu cachorro precisa de um amigo? 5 sinais e 5 dicas de como...
Os 9 melhores chás para estudar e se concentrar
8 hábitos ​​que tornam um relacionamento firme e forte
8 maneiras de manter uma aparência jovem
10 sinais claros que Deus não quer que você desista de algué...
Aprenda a fazer esta deliciosa pizza no liquidificador, é mu...
Isto é o que acontece no corpo quando se come alho com o est...
Pés enormes do ladrão ajudam polícia a encontrá-lo quando el...
Husky 'Rainha do Drama’ odeia a hora do banho e é filmada lu...
As crianças têm um forte relacionamento com os avós, é um do...
10 plantas que melhoram os níveis de ansiedade e estresse
Quem sabe o que são estas bolinhas mal cheirosas que aparece...
Nunca deixe que suas panelas brilhem mais que você
Cidade insatisfeita quer que gato assuma o comando
Qual o primeiro animal que você vê nessa imagem? Digite e ve...
Das telas à vida real, primeiro encontro online, o que fazer
Cabeleireira se recusa a rapar o cabelo destruído de adolesc...
10 dicas para deixar um geminiano obcecado por você
Tive que dizer ao meu filho de 8 anos que ele tinha câncer, ...
Se você sair da minha vida sem motivos não volte com desculp...
Proteja-se da inveja com estes amuletos de proteção
Mulher perplexa com a resposta do chefe após perguntar sobre...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *