Os 10 vestidos mais caros de todos os tempos

Para muitas celebridades, não há preço muito alto quando se trata de ter sua melhor aparência no tapete vermelho ou em eventos importantes. Confira quanto custam os vestidos mais caros dos tapetes da premiação da academia.

Continuar a ler Os 10 vestidos mais caros de todos os tempos

Homem compra sofá usado e tem uma grande surpresa

Howard Kirby comprou um sofá numa loja de artigos usados, sem fazer ideia daquilo que estava a comprar realmente. Algumas semanas após fazer a nova aquisição, sentou-se e sentiu um desconforto numa das almofadas do sofá.

Continuar a ler Homem compra sofá usado e tem uma grande surpresa

Casal cria fundação para adotar crianças deficientes

Esta é a história de Mike e Camille Gerardi, um casal incrível, que até hoje adotou 88 crianças. Mike é pediatra e Camille enfermeira, e os dois conheceram-se no ano de 1973, no Hospital Infantil de Miami, na Flórida (EUA).

Ao longo dos anos, o casal assistiu a muitos casos de pais que abandonavam os filhos deficientes no hospital, e não conseguiu ficar indiferente.

Continuar a ler Casal cria fundação para adotar crianças deficientes

Morador de rua que estava se barbeando acha que está com problemas até que o policial lhe pede que entregue a navalha

Às vezes, todos precisamos nos lembrar daquelas pessoas que têm o espírito coletivo. Jeremy Thomas, um policial de Detroit, sempre se comprometeu a ajudar e a se sacrificar por aqueles que precisam de ajuda.

Quando ele fez o juramento de proteger e servir, estava falando sério. Originalmente, Thomas era um bombeiro voluntário e decidiu levar suas habilidades para os escritórios de advocacia locais dois anos depois.

Foi um dia escuro, ligeiramente úmido e chuvoso quando Thomas notou uma mulher mais velha e sua filha distribuindo produtos de higiene pessoal a um sem-teto no Comerica Park. O saco continha creme de barbear, água, uma navalha e pequenos lanches como barras de granola.

Pouco depois, o morador de rua tentava arduamente usar a água suja da chuva para fazer a barba no parque. Com frio, tremendo, e cheio de creme de barbear, o homem claramente estava tendo dificuldades para se barbear.

Thomas aproximou-se e o morador de rua saltou imediatamente para trás, pois estava acostumado a receber ordens para deixar áreas públicas. Ele garantiu ao agente Thomas que deixaria o parque.

Imediatamente, Thomas fez o impensável. Usando um par de luvas de plástico, Thomas pegou a navalha e ajudou o morador de rua a limpar a barba.

Quando perguntado sobre o acontecimento em WXYZ Detroit. Thomas afirmou que o homem tinha um grande sorriso no rosto e lhe agradeceu. Posteriormente, o sem-teto declarou que ficou profundamente agradecido pela ajuda.

“Foi lindo o que ele fez por mim e Deus vai abençoá-lo por essa atitude, porque ele não precisava fazer isso.”

Imagine como seria o mundo se todos nós tirássemos um tempo do nosso dia para ajudar a alguém. Passe essa história aos seus amigos e familiares para alegrar o dia deles!

Condenada a prisão por alimentar gatos de rua que lhe faziam companhia

Uma sentença de prisão dada a uma mulher idosa em Ohio está levantando questões de que a punição pode não se encaixar no crime.

Nancy Segula, de 79 anos, vive em Garfield Heights há 30 anos. Nancy ficou recentemente destroçada pela perda do seu amado marido Edward. Para aliviar a sua dor, Nancy começou a alimentar vários gatos de rua perto de sua casa.

” Eu sinto falta dos meus gatinhos. Eles faleceram, o meu marido faleceu. Me sinto sozinha. Então os gatos e gatinhos da rua me ajudam”, disse Nancy à cleveland.com.

Nancy estima que cerca de sete ou oito gatos adultos, mais seus filhotes, vivem na rua perto de sua propriedade, ela disse às emissoras de notícias locais que alguns foram deixados por um vizinho que se mudou. Sentindo-se mal pelos animais, ela começou alimentá-los regularmente.

Enquanto muitos chamam Nancy de bondosa por suas ações, outros dizem que ela está criando um problema de saúde pública. A lei local em Garfield Heights proíbe a alimentação de cães e gatos de rua, sendo considerado uma infração menor.

Apesar das boas intenções de Nancy, a alimentação de animais de rua causa muitos problemas, notavelmente a superpopulação e a dificuldade em capturar animais inconvenientes.

Bonnie Hackett, um diretor de um centro de animais local, tem sido uma das pessoas que tem criticado as ações de Nancy. O diretor Hackett diz que os vizinhos se queixam frequentemente sobre os gatos que Nancy alimenta e que ela reteve mais de 20 gatos no bairro.

O diretor Hackett também disse que desde 2015, Nancy desobedeceu várias vezes ordens judiciais para parar de alimentar os animais. Por causa disso, Nancy foi recentemente condenada a 10 dias de prisão por desrespeito ao tribunal.

Desde que a sentença foi proferida, Nancy tem tentado de tudo para não ir para a prisão. A mulher idosa tem medo de ir para a prisão e seu filho, David Pawlowski, ecoa o sentimento, ele apontou problemas na instalação onde sua mãe deveria se apresentar no dia 11 de agosto para a WKBN27.

Para ajudar a evitar a prisão, Nancy procurou Amy Beichler, a diretora executiva da PAWS Ohio. Amy disse aos repórteres que a PAWS e outro grupo de resgate estão trabalhando rapidamente para prender os animais e prepará-los para a adoção.

Nancy espera que os passos que deu para resolver a situação sejam suficientes para que um juiz reconsidere mandá-la para a prisão. A audiência de Nancy está marcada para 6 de Agosto.

800 bebês são encontrados em fossa comum num orfanato católico

Especialistas descobriram a existência de uma fossa comum em um antigo orfanato católico na Irlanda, onde estariam enterrados sem identificação 800 bebês e crianças. O caso gerou repercussão na Europa na última sexta-feira (3).

Testes de DNA apontaram que as crianças enterradas nas 20 câmaras da fossa tinham idade entre 35 semanas e 3 anos.

A investigação foi feita por uma comissão, instituída pelo governo local para apurar a atuação de centros religiosos no auxílio a jovens grávidas, após uma denúncia da historiadora Catherine Corless, que descobrira a certidão de óbito de 800 crianças residentes na instituição, mas nunca os registros de enterro delas.

Localizado na cidade de Tuam, o orfanato “Bon Secours Mother and Baby Home” funcionou entre os anos de 1925 e 1961 como um lar para crianças e mães solteiras jovens.

A comissão afirma que as mulheres e jovens que viveram nas casas católicas e conventos sofreram fome, miséria e tratamentos violentos, o que levou à morte de várias meninas e de seus bebês.

Muitas jovens trabalhavam gratuitamente em troca do auxílio das freiras na gravidez e no parto. Após os bebês nascerem, eles eram colocados em uma ala separada da de suas mães e entregues para adoção.

O Governo calcula que mais de 30.000 mães solteiras passaram por algum dos centros de acolhimento administrados por ordens de religiosas católicas desde a criação do Estado irlandês, em 1922, até os anos sessenta.

Nos anos 30, 40 e 50 do século passado, a mortalidade dos filhos nascidos fora do casamento chegava a ser cinco vezes maior que a das crianças de pais casados, de acordo com dados oficiais. O achado confirma as suspeitas de que as crianças mortas no centro eram enterradas em valas comuns, sem registro.

O arcebispo de Dublin disse em 2014 que “se algo se passou em Tuam, provavelmente terá acontecido também em outros lares de acolhimento de mães e crianças do pais”.

A historiadora local Catherine Corless foi quem chamou a atenção sobre o caso de Tuam, com um estudo que descobriu certificados de óbito de quase 800 crianças, mas registro de enterro de somente duas.

Philomena

Lançado em 2013, o filme “Philomena” narra um episódio inspirado em fatos reais ocorridos na Irlanda em 1952, com uma mulher que engravidou na adolescência, foi mandada para o convento Roscrea e teve seu filho vendido pelas freiras católicas.

Em 2014, a mulher que inspirou o filme, a irlandensa Philomena Lee, reuniu­-se com o papa Francisco, no Vaticano. Atualmente, ela está à frente do “Philomena Project”, que tenta ajudar outras mães a encontrarem seus filhos e luta para que o governo irlandês promulgue uma lei que permita consultas a registros de crianças adotadas.

com informações de Agência ANSA – uol

Mulher casada se apaixona por outra mulher e leva ela para casa, marido aceita o namoro

Apesar de em muitos países haver leis contra a poligamia, muitas pessoas têm decidido abandonar a vida monogâmica para experimentar novas experiências envolvendo mais de um parceiro, como foi o caso das pessoas da história que você verá a seguir.

Jodie, de 30 anos de idade, e Simon Reynolds, de 31, são casados. Eles se conheceram quando ainda estavam na escola e se apaixonaram. O relacionamento iniciou no ano de 2002, sendo que só dez anos depois o casal oficializou a relação.

Após 17 anos de convivência, algo inesperado aconteceu que mudou completamente a rotina dos Reynolds. Jodie havia ido a uma loja de roupas íntimas e acabou conhecendo uma jovem chamada Natasha Bee, que tem a mesma idade de Simon.

No início havia apenas amizade entre as mulheres, mas logo o sentimento aumentou e elas se apaixonaram. Foi então que Jodie percebeu que gostava tanto de homens quanto de mulheres e decidiu apresentar Natasha para o marido.

Foi aí que Simon também se apaixonou por Tash, como chamam a nova namorada. Atualmente eles vivem na mesma casa, na cidade de Perth, que fica localizada na Austrália.

Em entrevista, Simon falou sobre o relacionamento: “todos nós sentimos ciúmes e é preciso muita comunicação e segurança para superar esses sentimentos. Não acreditamos que esse tipo de relacionamento seja para todos, mas nossa filosofia é que a vida é muito curta e que todos devemos fazer o que nos faz felizes”

A história do relacionamento a três gerou bastante repercussão, já que a situação ainda é considerada incomum para algumas pessoas.

Com um bebê a caminho família abandona leal cachorrinho

Se você também adora os cachorrinhos, é bem provável que tenha algum carinho especial pela raça Pastor Alemão. Esses grandes cachorros às vezes ganham a reputação de serem perigosos e agressivos por causa de seu tamanho, mas muitas pessoas simplesmente não entendem a raça.

Embora eles sejam usados como Cães Policiais, isso não significa que eles não sejam ótimos bichinhos de estimação para toda a família.

https://www.instagram.com/p/BnUMPnSh57e/

Cães da raça Pastor Alemão são também muito gentis, leais, e ótimas companhias. Obviamente, esse é o caso de muitos animais, você recebe aquilo que você ensina.

Se essa raça de cachorro for bem cuidada e sentir o seu amor, ela vai te dar muito carinho e uma natureza gentil em retorno. Porém, se você tratar esses cachorros com crueldade e negligência, talvez eles demonstrem certa hostilidade, exatamente como qualquer outra raça. Esse Pastor Alemão chamado Rocco sabe exatamente como esses estereótipos negativos podem impactar na vida de um cão.

https://www.instagram.com/p/BwkS1lgggo8/

Rocco pertencia a uma família que decidiu assumir a responsabilidade de cuidar de um Pastor Alemão. Ele era leal, amoroso, e carinhoso com a família que o acolheu. Porém, por causa de sua raça, ele ficou muito grande, com dentes e patas poderosas. De acordo com o the Dodo, quando seus donos descobriram que estavam esperando um bebê, eles começaram a se preocupar em ter um cachorro daquele porte perto de seu futuro bebê.

Por raças como Pitbull, Rotweiler, e Pastor Alemão possuírem uma má reputação, a família ficou paranoica e decidiu tomar uma decisão triste e emotiva. A família acabou levando Rocco para um abrigo animal em Dallas, nos EUA. Rocco ficou triste depois de ser abandonado, se tornando introvertido e apático com a vida.

https://www.instagram.com/p/BvWll7OArt7/

Incapaz de se adaptar à vida do abrigo, ele foi transferido e não demonstrou nenhum interesse nos humanos ou em outros cachorros. Porém, um dia o abrigo recebeu uma visitante que transformaria a história de Rocco. Ela decidiu levá-lo para que vivesse em sua casa com seu outro cachorro. Ela sabia que precisaria ajustar Rocco para que ele voltasse a confiar nos humanos, e por isso, ela fez todo o possível para fazer com que ele voltasse a ser um animal brincalhão e amoroso novamente. Depois de criar uma conta no Instagram, ela começou a postar adoráveis fotos e vídeos do cão para encontrar um lar amoroso para ele. Felizmente, ele foi eventualmente adotado e jamais será abandonado novamente.

Claramente, os animais são capazes de desenvolver questões de confiança a partir do abandono e é importante saber que os animais são um compromisso vitalício, que merecem muito amor e um lar permanente.

O que você achou da história de Rocco? Conta pra gente nos comentários, e não se esqueça de compartilhar com seus amigos e familiares!

Acorda em saco preto na funerária após óbito declarado

O mundo todo está vivendo momentos difíceis nesses últimos dias, mas o sofrimento de uma família enlutada não pode ser comparado a nenhum outro.

Muitas famílias estão sofrendo por perderem seus entes queridos sem ao menos poderem dizer adeus, pois por conta da pandemia de covid-19, os velórios são proibidos.

A família de Gladys Rodriguez Duarte, que mora em San Fernando no estado de Coronel Oviedo, no Paraguaí, passou por momentos semelhantes ao que foi mencionado acima.

Mas, sua história teve uma reviravolta inesperada e no final tudo acabou bem.

Tudo aconteceu quando a mulher de 46 anos de idade, foi diagnosticada com um câncer no ovário e foi encaminhada às pressas para o hospital após ter uma piora em seu estado de saúde.

Dias depois, a equipe médica atestou o óbito e o corpo dela foi encaminhado para a funerária, onde aguardava o carro para levar o corpo ao cemitério.

Foi um funcionário observou que o saco onde Glayds estava, começou a se mexer, ele então abriu a embalagem rapidamente e conseguiu salvá-la.

Ela foi reencaminhada ao mesmo hospital, recebeu o devido atendimento e agora continua lutando contra o câncer e a família pode ver o seu sorriso novamente.

Número de recuperados do coronavírus já passa os 100 mil

Boas notícias não podem deixar de ser compartilhadas e, com certeza, essa é uma delas.

A China já consegue registrar redução nos casos de contaminação pelo novo coronavírus. Foram meses e dias de perdas de muitas vidas, pessoas angustiadas querendo saber como poderiam curar a infecção, muita gente em casa, sofrendo com os sintomas do Covid-19, outras tantas em estado grave nos hospitais e muitas incertezas, mas continuaram acreditando.

Saber que na província de Hubei, China, o número de pacientes curados do novo coronavírus é de 59.882, sendo o maior em todo o mundo até agora. É uma chama de esperança acesa, para todos os países que estão lutando no enfrentamento da pandemia.

Os números dos pacientes curados da infecção do Covid-19, foram apresentados segunda-feira, 23/03, segundo comunicou a Universidade Johns Hopkins, que faz o monitoramento em tempo real e registra também casos suspeitos, casos de pessoas infectadas e falecimentos das vítimas do novo coronavírus.

Em um só dia, segunda-feira, foi monitorada a cura de mais de 100 mil pessoas que conseguiram se recuperar da doença.

Esse monitoramento é importante para avaliar se os métodos empregados pelas autoridade em saúde no país, está apresentando resultados ou se a medicação precisa ser ajustada.

Os chineses sabem que ainda há muito a ser feito, mas cada passo dado em direção a recuperação dos pacientes que contraíram o novo coronavírus, é uma motivação a mais e esperança para todos.

Desde que os primeiros casos do Covid-19 surgiram, a China enfrenta uma das piores batalhas de toda a história, os cientistas passaram a correr contra o tempo para descobrir um medicamento para tratamento e curar as pessoas doentes, ao mesmo tempo em que, tenta descobrir uma vacina segura para imunização e prevenção contra o novo coronavírus.

A orientação para quem ficou curado do Covid-19, ou que não foi infectado continuam sendo as mesmas. Isolamento social, lavar as mãos, evitar locais com aglomerações de pessoas.

Nem tudo é mau, estas são as boas notícias sobre a pandemia de coronavírus

A pandemia mundial de coronavírus é certamente preocupante; isso não podemos negar. O problema é grande e deve ficar pior nas semanas que virão.

Isso não significa que tudo são más notícias. No meio da confusão, do medo e da doença, algumas histórias, fatos e mensagens positivas nos trazem esperança.

Como na maioria dos desastres, tragédias e ameaças de saúde pública, há um lado bom que pode – e deve – ser enfatizado.

Confira boas notícias sobre o surto de COVID-19:

A maioria dos infectados irá se recuperar

As estimativas mostram que cerca de 99% dos infectados com COVID-19 irão se recuperar. Algumas pessoas sequer têm sintomas.

Claro, é muito triste que milhares de pessoas tenham morrido. Mas poderia ser muito pior – a taxa de mortalidade de 1% é baixa em comparação com outras pandemias, como a síndrome respiratória do Oriente Médio (cerca de 34%), a síndrome respiratória aguda grave (cerca de 11%) e o ebola (90%), embora seja maior que a da gripe comum (0,1%).

Crianças são menos infectadas e possuem sintomas mais leves

De acordo com os Centros de Prevenção e Doença dos EUA, a maioria das infecções por coronavírus ocorrem em adultos. Isso é um pouco diferente da maioria das doenças, cujos grupos de risco são geralmente crianças e idosos.

Dito isto, crianças podem ser infectadas, ainda que raramente. Quando o são, seus sintomas costumam ser leves.

O lado ruim é que crianças assintomáticas podem espalhar o vírus.

O número de novos casos está diminuindo no epicentro da epidemia

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou recentemente que “a China e a República da Coreia tem visto um declínio significativo na epidemia”.

De fato, o epicentro do surto – onde tudo começou -, a província chinesa de Wuhan, relatou zero novos casos pela primeira vez desde o início da pandemia.

Enquanto os números reais são difíceis de serem verificados, as medidas radicais tomadas na China parecem estar funcionando e podem servir de lição para outros países.

Temos a internet para não sofrer tanto com o distanciamento social

Em tempos de coronavírus, a recomendação é para as pessoas evitarem sair de casa o máximo possível. O isolamento e o distanciamento social podem ser ruins para nossa saúde mental, mas temos a internet para nos ajudar neste momento.

Pessoas em quarentena podem “ver” familiares e médicos por chamadas de vídeo, e nós podemos continuar conversando e interagindo com quem amamos.

Nossa resposta a pandemias futuras deve melhorar

Se o surto de COVID-19 serviu para alguma coisa, foi expor as maiores falhas e deficiências nos sistemas de saúde em todo o mundo.

Isso, por sua vez, pode ser uma oportunidade para melhorarmos nossa resposta global a pandemias no futuro.

Não é nenhuma garantia, é claro, mas podemos usar o conhecimento adquirido agora para planejarmos uma resposta global futura mais rápida, uma distribuição melhor e mais rápida de kits de teste, bem como mensagens públicas mais coordenadas e coerentes.

Muitas pessoas e organizações estão mostrando que o mundo é bom através de ações para ajudar os outros

Tanto indivíduos quanto instituições do mundo todo têm tomado ações para ajudar o próximo neste momento difícil. Por exemplo, talvez você tenha visto os bilhetes que estão circulando em alguns edifícios e condomínios de vizinhos se oferecendo para ir ao mercado ou à farmácia para os idosos que não quiserem sair de casa:

Nos EUA, algumas grandes seguradoras de saúde prometeram cobrir os custos e testes relacionados ao COVID-19. Várias celebridades e atletas também doaram recursos para ajudar pessoas atingidas pela pandemia, como os trabalhadores dos estádios. Por fim, uma legislação recém-aprovada fornece licença médica paga e licença familiar paga para alguns trabalhadores americanos.

No Brasil, alguns planos de saúde estão oferecendo serviços online (incluindo chamadas de vídeo) para as pessoas tirarem dúvidas com segurança. Além disso, a Ambev informou que está produzindo álcool em gel para doar a hospitais municipais do Rio de Janeiro, de São Paulo e do Distrito Federal. Serão 500 mil unidades.

Numa época complicada como a de uma pandemia, a ameaça comum pode servir para unir as pessoas de maneiras que as ajudem a reconhecer seus pontos em comum: somos todos humanos, todos podemos adoecer, independentemente de idade, etnia, classe ou status social, e todos nos preocupamos com os entes queridos. Vamos nos ajudar! [Harvard]

Pastor é assaltado durante encontro com amante

A casa caiu para um pastor e sua amante durante um encontro. Acontece que, enquanto namoravam, o carro do religioso acabou sendo levado por ladrões.

De acordo com a Polícia Militar da cidade de Apucarana, o pastor evangélico, morador de Arapongas, cidade que fica localizada na Região Metropolitana de Londrina, que não teve seu nome revelado, estava na casa de sua amante, uma jovem de 23 anos.

Ele deixou o carro parado na rua em frente a casa da jovem e para sua infeliz surpresa, ao deixar o local, percebeu de imediato que seu veículo, marca Hunday, modelo Creta, havia sido levado por ladrões.

O pastor, que é casado, foi a delegacia de Apucarana onde registrou o boletim de ocorrência. Horas depois, o automóvel foi encontrado em uma região conhecida como Residencial Veneza, o carro já estava sem duas de suas quatro rodas.

Após os agentes de segurança fazerem uma varredura no local, encontraram as rodas no meio de um matagal. As peças e o veículo foram levados para a 17ª SDP.

Felizmente, nesta ocorrência não houve vítimas, mas será que o pastor escapou da ira da esposa que acabou descobrindo que foi traída através da Polícia Militar? Não há maiores informações sobre o caso.

Fonte: 24 Horas – Paraná – via: plantaoaovivo

Coronavírus Portugal: quebra no número de casos suspeitos, fique em casa e salve vidas

Portugal está em estado de emergência e será submetido a medidas extraordinárias para ultrapassar a pandemia do novo coronavírus que já afetou muitos portugueses e causou várias vítimais mortais.

Durante este período celebrações religiosas e os funerais estarão condicionados. A Proteção Civil pode vir a decretar a requisão de bens dos civis e o comércio terá de atender em regime prioritário.

O Governo ainda poderá requisitar oficinas, indústrias, fábricas, centros de saúde e outras instalações, caso seja necessário para manter o atendimento às vítimas infectadas.

As saídas serão permitidas apenas em alguns casos, como crianças que estejam em risco por exemplo.

Hoje, 26-03-2020 houve um quebra no gráfico de suspeitos, oq ue quer isto dizer?

Quer dizer que estar em casa é a melhor solução para salvar a vida dos mais vuneráveis e assim diminuir o efeito desta pandemia.

Segue a lista dos casos em portugal.

Para ficar a saber em tempo real quais as últimas notícias sobre o número de infectados em Portugal, basta acessar este link.

Para os jovens: “vocês não são invencíveis, esse vírus pode colocá-los no hospital ou até matá-los”, diz OMS

O novo coronavírus pode deixar doentes ou matar jovens, que também devem evitar transmití-lo para pessoas mais velhas e mais vulneráveis, disse a OMS (Organização Mundial da Saúde), nesta sexta-feira (20).

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da organização, afirmou em uma entrevista coletiva online: “Hoje tenho uma mensagem para os jovens: vocês não são invencíveis, esse vírus pode colocá-los no hospital por semanas ou até matá-los. Mesmo que você não adoeça, as escolhas que você faz sobre onde vai podem ser a diferença entre a vida e a morte para outra pessoa.”

Em meio à escassez de equipamentos de proteção para profissionais de saúde e testes de diagnóstico, serão necessárias “pontes aéreas” para levar suprimentos para profissionais de saúde, disse o principal especialista em emergências da OMS, Mike Ryan.

A entidade internacional distribuiu 1,5 milhão de testes de laboratório em todo o mundo, mas a demanda pode chegar a ser 80 vezes maior para o combate à pandemia, disse ele.

Rezem pelos idosos que enfrentam a Covid-19 em solidão, diz papa

“Rezem pelos idosos que enfrentam a Covid-19 em solidão e medo”, afirmou o papa. A preocupação com o Papa com a situação atual tem sido diária e explicita.

“Gostaria que hoje rezássemos pelos idosos que sofrem este momento de modo particular, com uma solidão interna muito grande e, às vezes, com muito medo. Peçamos ao Senhor que esteja próximo dos nossos e nossas avós, de todos os idosos, e lhes dê a força. Eles nos deram a sabedoria, a vida, a história. Nós também nos tornamos próximos deles com a oração.

Sempre se deve perdoar. E não é fácil perdoar. Porque o nosso coração egoísta é sempre apegado ao ódio, às vinganças, aos rancores. Há famílias destruídas pelos ódios familiares que passam de geração em geração. Irmãos que, diante do caixão de um dos pais, não se cumprimentam porque mantêm rancores antigos. Parece que apegar-se ao ódio é mais forte que apegar-se ao amor, e isto é o tesouro, digamos assim, do diabo. Ele sempre espreita entre os nossos rancores, entre os nossos ódios, e os faz crescer, os mantém ali para destruir. Destrói tudo.

Deus não veio para condenar, mas para perdoar. Este Deus que é capaz de fazer festa por um pecador que se aproxima, e esquece tudo. Quando Deus perdoa, Ele esquece todo o mal que fizemos. Essa é a ‘doença de Deus’: Ele não tem memória, é capaz de perder a memória nestes casos. Deus perde a memória das histórias feias de tantos pecadores, dos nossos pecados. Ele nos perdoa e vamos adiante. Ele apenas nos pede: ‘Faça o mesmo: aprenda a perdoar’, a não continuar carregando essa cruz infecunda do ódio, do rancor, do ‘você vai me pagar’. Essa palavra não é nem cristã nem humana.

A generosidade de Jesus nos ensina que, para entrar no céu, precisamos perdoar. Ele nos diz: ‘Você vai à Missa?’ – ‘Sim’ – ‘Quando você vai à missa, se você se lembrar que o seu irmão tem algo contra você, primeiro não venha a mim com o amor por mim numa mão e o ódio ao seu irmão na outra’. Coerência de amor. Perdoar. Perdoar de coração.

Que o Senhor nos ajude a entender isto e a abaixar a cabeça, a não ser soberbos, a ser magnânimos no perdão. Ao menos a perdoar ‘por interesse’. Como? Sim: perdoar porque, se eu não perdoo, não serei perdoado. Pelo menos isso. Mas sempre o perdão”.

via: eu-gosto-e-tu.com

Itália: canais de Veneza ficam com água tão cristalina que até se vê peixes

As águas dos canais de Veneza ficaram cristalinas sem turismo. Como resultado da quarentena obrigatória, devido ao novo coronavirus, as ruas de todas as cidades italianas estão desertas e com menos poluição.

Em Veneza o resultado é mesmo surpreendente: os canais sem tráfego deixaram as água cristalinas, onde é possível ver uma quantidade incrível de peixes.

O mundo está a reiniciar…

via: vilogogostei.com