Combinação-de-alimentos
Curiosidades

Combinação de alimentos que você nunca deve fazer

Muitas pessoas procuram saber se podemos ou não fazer combinação de alimentos, a maioria das pessoas está consciente da necessidade de uma alimentação suficientemente abundante em calorias e equilibrada no que se refere à presença de nutrientes para o bom funcionamento do organismo.

As pessoas, de modo geral, também sabem que certos maus hábitos, como o consumo excessivo de alimentos ricos em açúcar ou gorduras, pode causar graves problemas de saúde.

Combinação de alimentos que você nunca deve fazer ou deve pelo menos evitar

Apesar dos progressos na conscientização da população com relação à alimentação, muitos indivíduos não sabem que existem algumas combinações de alimentos que podem retardar a digestão ou dificultar a absorção dos nutrientes presentes na comida.

Isso pode acontecer, por exemplo, quando dois tipos de nutrientes disputam a mesma via de absorção ou quando a presença de um tipo de alimento na refeição leva à degradação de outro tipo de alimento presente também presente.

Espinafre e laticínios como o queijo

O oxalato, que é uma substância presente no espinafre que impede a adequada absorção pelo organismo do cálcio, nutriente importante, por exemplo, para a saúde de nosso esqueleto e no qual o leite e seus derivados são ricos. (se forem de fonte segura é claro, isto é; não induztrializados, o que é raro nos dias de hoje). 😉

Fontes diferentes de proteínas concentradas como, por exemplo, a tradicional combinação bacon e ovos

Não é recomendável consumir em uma refeição mais de uma fonte concentrada de proteínas, pois a decomposição delas para assimilação leva tempo. Combinar mais de uma fonte de proteínas na refeição deixa a digestão mais lenta e difícil e aumenta o esforço que o corpo precisa para lidar com ela.

Veja também:  Como acabar com a celulite (3 exercícios físicos)

Frutas e outros alimentos na refeição

De modo geral, as frutas são processadas rapidamente pelo estômago. Combiná-las com outros alimentos, que demandarão mais tempo para serem absorvidos, acaba submetendo estes alimentos a um processo de fermentação devido ao açúcar contido nas frutas. Este processo degrada as propriedades nutritivas dos alimentos em questão. Na verdade, as frutas não devem nem ser consumidas nas primeiras três horas após uma refeição para evitar a mistura de alimentos e os problemas relativos à fermentação de que falamos.

O melhor é que as frutas sejam consumidas entre meia hora e uma horas das refeições, para as quais o sistema digestivo já vai sendo preparado. As fibras delas, por exemplo, ajudam a pôr em marcha os processos químicos que fazem parte da digestão.

Líquidos com o resto da refeição

O consumo de líquidos durante as refeições dilui as enzimas que participam das partes químicas do processo digestivo, o que pode retardar marcantemente a digestão e a assimilação dos nutrientes. É melhor beber líquidos uns dez minutos pelo menos antes da refeição.

Alimentos contendo amido (por exemplo, massas, pão e batata) e alimentos contendo proteínas de origem animal (carne)

Os sucos gástricos necessários para a digestão de proteínas de origem animal e amido prejudicam a atuação uns dos outros. Isso retardada a digestão, leva à degradação tanto do amido quanto da proteína e prejudica, portanto, a absorção desses nutrientes pelo corpo. Além disso, as enzimas presentes nesses diferentes tipos de alimentos interagem de maneira a produzir flatulência. Os efeitos negativos dessa interação podem ser amenizados com a presença de folhas verdes na refeição.

Veja também:  5 coisas que cortam o efeito da pílula anticoncepcional

Tratamos neste artigo falamos de combinação de alimentos que você nunca deve fazer, pois prejudicam a digestão dos alimentos e a absorção dos nutrientes contidos neles. Esperamos ter fornecido de maneira fácil de entender informações úteis que possa aplicar em sua vida.

<<< veja todas as nossas matérias

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.