Não somos propriamente fanáticos pelos estereótipos. Com efeito, utilizá-los para representar um determinado grupo conduz frequentemente a uma generalidade que, não raras as vezes, deprecia as minorias que não se enquadram neles. De qualquer forma, por vezes somos “obrigados” a recorrer aos esterótipos para explicar certas teorias, apesar de estarmos plenamente conscientes de que não existem leis absolutas no que a este tema diz respeito.

Assim, decidimos fazer uma seleção com os principais tipos de homens. Sabemos que existem muitos outros tipos e que muitos deles são fruto de uma elaborada combinação, mas, em geral, a tendência é o que lhe vamos mostrar aqui.

Continue a ler e descubra se o seu homem figura nesta lista.

Preparada para saber em que categoria ele se integra?

O simpático/gracioso

Seja ele fisicamente atraente ou não, o noivo simpático roubou-lhe o coração graças ao seu carisma e gracejos.

Não importa que não irradie beleza! Até porque sair nas revistas de moda não é a sua maior pretensão e nem sequer lhe faz falta.

O rapaz é sempre a alma da festa e um craque nas relações sociais, conquistando toda a gente com a sua amabilidade e “boa onda”. Se foi uma das suas “vítimas”, prepare-se para uma vida cheia de grandes momentos!

O bad boy

O “terror das meninas” de qualquer escola e a personificação da paixão e da complicação na etapa adulta. É o Danny Zucco de Grease, mas sem o seu lado bondoso.

Tem sucesso pela sua prepotência e êxito, mas sobretudo por ignorar as mulheres e os homens que suspiram por ele. Geralmente não pede ajuda e, mesmo quando o faz, parece que é ele quem nos está a fazer um favor!

Também parece situar-se à margem da lei. Faz o que quer, é “fixe”. Ele manda.

Em jovem, as suas travessuras na escola eram conhecidas por todo o continente. Hoje, em vez de fumar em frente aos professores, anda de moto, de casaco de cabedal e exige que o tratem com respeito.

É o Don Draper de Mad Men I ou o Christian Grey das 50 Sombras de Grey.

O boémio/intelectual

São um pouco estranhos, inteligentes e geralmente parecem ausentes deste mundo, ao qual têm pena de pertencer. Preferem ser livres e voar.

Destacam-se por praticar alguma arte, geralmente a música, mas também a pintura, a fotografia ou a escrita. Às vezes fazem-na sentir-se menos inteligente do que é, sobretudo quando falam de filmes checos (vá, não se “pique” perante isto…).

Para além disso, o seu estilo de vida está de acordo com a sua indumentária, que se encontra entre a “classe” e o “mal-arranjado”.

Veja também:  Quais os efeitos do excesso de intimidade nas relações amorosas

Tudo está calculado, desde o o chapéu que usam até às alpercatas no Verão, desde a barba descuidada até ao corte de cabelo alheio às modas. Podem também ter algum piercing ou tatuagem.

É o boémio que viaja de mochila às costas e que lhe irá contar aventuras de toda a índole, para que entenda a sua forma de vida alternativa e ao mesmo tempo bajulá-la.

Quem sabe já tenha dormido várias vezes na intempérie do deserto ou seja um habitué dos países da Europa Oriental. Se o seu parceiro é boémio, a verdade é que, na maioria das vezes, todas as suas “esquisitices” são interessantes.

No entanto, é provável que às vezes procure a normalidade, em vez de tantas análises de vida a partir dos seus conceitos mais simples.

O desportista

Normalmente, este indivíduo obriga indiretamente que a sua parceira siga os seus hábitos desportistas. Quem sabe até a faça sentir-se mal com o seu próprio corpo, pois o seu nível de exigência física é extremamente elevado.

Está tão obcecado com o desporto, que até a dormir poderia correr uma maratona! O ginásio é o seu templo. A sua casa está cheia de objetos relacionados com a vida sã (bicicleta, proteínas, pesos, aparelho de abdominais…).

O melhor deste tipo de homens é que têm uma saúde de ferro e um corpo que revela alguns músculos que nem sequer sabíamos que existiam…

Esta é a maior virtude para as noivas destes autênticos gladiadores, apesar precisarem de fôlego para conseguirem acompanhar o seu ritmo num simples passeio pelas ruas da cidade.

O ecologista

Um exemplo para a sociedade. Está ligado a todas as campanhas que defendem o meio ambiente, a proteção dos animais é o seu principal objetivo de vida, segue algum partido político com foco nestas causas e o seu estilo de vida está muito ligado a todos estes assuntos.

É um cidadão do mundo e odeia as grandes marcas. Desloca-se em bicicleta, não come nenhum alimento manipulado e irá obrigá-la a utilizar produtos não poluentes.

Comer donuts poderia significar o fim da relação, por isso não brinque com o fogo! Se a relação for para a frente, vai ouvir muitas conversas de várias horas sobre os males da sociedade. Sair com ele pode ser desgastante, mas acabará por compreender que o mundo se pode salvar graças a pessoas como ele.

Quem sabe será o primeiro habitante de Marte. É um super-herói e você tem a sorte de presenciar as suas façanhas a partir da primeira fila, apesar de não poder usar um spray para acabar com as formigas que estão a invadir o seu apartamento.

Veja também:  Estes 2 homens mostraram que apesar das dificuldades reconstruir uma família vale sempre a pena

O sensível/romântico

Apesar deste tipo de homem já ter sido mal visto no passado, hoje em dia adquiriu uma certa importância. Porquê? 

Este homem entende melhor os seus semelhantes do que o John Wayne do virar do século, que era admirado por marcar o gado enquanto bebia conhaque. As suas principais virtudes vão desde a capacidade de ouvir até à sua habilidade para ser meticuloso.

Os seus inconvenientes? Excesso de doçura. Por isso, o ideal é alcançar o equilíbrio. Pode ser meticuloso e compreensivo sem parecer um gelado de doce de leite. É o seu parceiro? Parabéns… mas só se estiver equilibrado!

O freak

A sua mente é prodigiosa, seja versado em letras (filólogo, historiador…) ou um génio das ciências (físico, matemático, informático…).

Tem dados de todo o tipo, adora os videojogos e é fanático pela fantasia ou a ficção cientifica, apesar de ter conhecimento de quase todos os géneros cinematográficos e literários.

É rotulado por freak pelas massas, mas o seu mundo é tão profundo que se torna uma pessoa muito interessante, muito mais do que as pessoas “normais”.

A não ser que seja superdotada, provavelmente estás menos informada e letrada do que ele.

Não importa! O lado positivo é que, o facto dele ser menos hábil nas relações sociais, permite-lhe ensinar-lhe muito neste âmbito. Penny fê-lo com Leonard, na famosa série televisiva A Teoria do Bing Bang.

O dandy

Um dos rapazes mais completos que há. Tem quase tudo para a deixar de pernas bambas, pois combina o melhor de todos os tipos anteriores.

O rapaz tem classe, veste-se super bem e cuida de si próprio sem cair na metrossexualidade. Para além disso, é culto, tem carisma, viaja pelo mundo, vai ao teatro e a museus de arte contemporânea, lê com avidez e sai para as festas sem parecer um homem das cavernas.

Ideal para ir beber um copo ou jantar intimamente em casa. É o seu homem? Perfeito!

Já sabe qual é o tipo de homem que tem lá em casa?

O ideal seria juntar o melhor de cada um e… voilá, tinha o rapaz completo!  Mas apesar do tipo dandy parecer o indivíduo mais perfeito, a perfeição é relativa e cada pessoa tem a sua própria versão da mesma.

Você decide qual é a melhor opção para si, e, portanto, qual o SEU homem perfeito. Reze para que esse seu conceito de perfeição coincida com o homem que partilha a vida consigo!