InícioHistóriasEngenheira reforma gratuitamente casas de famílias carentes, usa seu conhecimento para ajudar

Engenheira reforma gratuitamente casas de famílias carentes, usa seu conhecimento para ajudar

Publicidade

Fernanda Silmara é engenheira civil que, após realizar o sonho de reformar sua casa, decidiu ajudar famílias carentes do bairro onde cresceu.

O sonho da casa própria é um desejo que muitas famílias lutam para realizar, mas às vezes não conseguem, pois os contextos socioeconômicos são difíceis e o caminho para ter uma casa se torna árduo.

Isso se torna ainda mais complicado no contexto de uma pandemia, já que milhares de pessoas perderam seus empregos e tiveram que se virar como podem.

Continue a ler após a publicidade.

E isso também é complicado para aquelas famílias que já têm suas casas, mas estão sem os padrões mínimos e básicos para ter uma boa qualidade de vida. Esses arranjos também são muito caros e a compra de materiais significa um forte golpe no bolso.

Mas, assim como esses problemas existem, também existem pessoas que disponibilizam seus conhecimentos para poder contribuir com um grão de areia para aquelas famílias que sofrem e precisam de uma mão.

Fernanda Silmara é engenheira civil que percebeu que em sua cidade havia muitas famílias com esses problemas. Foi assim que, depois de realizar o sonho de reformar a própria casa, usou suas habilidades para iniciar uma campanha de solidariedade.

Segundo informações da Ecoa, Fernanda criou uma ONG chamada “Reforamar”, com a qual passou a se dedicar à reforma de casas para famílias carentes.

Continue a ler após a publicidade.

Recomendamos:  Por 51 anos, este ex-dono de mercearia ofereceu banquete gratuito para sua comunidade

Essa ideia nasceu também porque Fernanda cresceu em um bairro onde as casas eram construídas com materiais precários. Quando ela era pequena, ela teve que crescer em uma casa com piso de cimento, telhado com goteiras e feita de tijolo e barro. Na verdade, ela tinha que dormir no chão em dias de chuva.

Como aquele não era um “lar” para ela, ela sabia o que as famílias estavam sofrendo. Agora, eles lideraram 20 ações sociais que beneficiaram mais de 4.000 pessoas que não conseguiram reformar suas casas.

Por meio do site da ONG, as famílias podem preencher um formulário caso precisem de reparos. É quando a equipe de engenheiros, liderada por Fernanda, visita os locais para fazer uma avaliação presencial.

Após a realização de uma campanha de doações, inicia-se a etapa de reforma, na qual são formadas equipes de voluntários que desejam ajudar na reconstrução e de pessoas com conhecimento especializado em construção do mesmo bairro. “Isso acaba tendo um impacto positivo no ambiente de trabalho”, acrescentou a engenheira.

Diariamente estão trabalhando em diferentes projetos em nível de bairro e usando seu conhecimento para ajudar sua comunidade, desde pequenos reparos até reformas completas em casas.

Publicidade

Via: Mundo Sorprendente

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais vistos