InícioHistóriasHomem sequestrado há 33 anos reencontra a mãe com mapa que ele...

Homem sequestrado há 33 anos reencontra a mãe com mapa que ele desenhou de cabeça

Publicidade

Em todo o mundo, centenas de pessoas desaparecem todos os dias, que, infelizmente, acabam sendo presas de muitas máfias dedicadas ao tráfico de pessoas. A maioria deles costuma desaparecer desde muito jovem, sendo separados de seus pais contra a vontade deles.

Esse foi o caso de Li Jingwei, que foi separado de sua mãe quando tinha apenas 4 anos. O pior dessa história é que Li não foi sequestrado por um estranho, mas, pelo contrário, era um conhecido da aldeia onde morava com a mãe e a família durante os anos 1980.

De acordo com as informações fornecidas pelo canal CNN, o menino sequestrado vivia e crescia todo esse tempo com outra família na província central de Henan. Apesar de tudo isso, Li sempre se lembrava de que morava em outro lugar, mas não conseguia lembrar os nomes de seus pais e de sua aldeia.

Continue a ler após a publicidade.

Li não tinha capacidade suficiente para voltar para casa, pois não tinha nenhuma informação sobre sua vida anterior, apenas lembrava como era sua cidade e como estava destruída. É assim que toda vez que ele se sente triste, ele se senta para desenhar sua aldeia anterior em detalhes, exatamente como estava em sua mente.

Nos desenhos, ele incluiu todas as características das paisagens, como os animais que sempre estiveram ali, os caminhos, rios, estradas e casas ao redor.

Continue a ler após a publicidade.

Recomendamos:  Pessoas partilham vídeos dos seus animais e são os mais fofos da internet

Recentemente, Li decidiu publicar sua história, inspirado pelas notícias que vêm aparecendo na mídia sobre crianças que desapareceram e foram sequestradas, mas que finalmente se reuniram com seus pais.

Por isso, fez um esboço de sua cidade, como fazia quando criança, e postou em suas redes sociais por meio de um vídeo, que trazia a mensagem: “Faz muitos anos, não sei se alguém na minha família está me procurando. Mas eu quero ver meus pais de novo enquanto eles ainda estão aqui.”

Foi assim que seu caso ganhou força e as autoridades conseguiram identificar uma mulher que poderia ser a possível mãe biológica de Li. Através de uma série de testes de DNA, foi possível concluir que, de fato, eram mãe e filho.

Depois de algumas semanas, ambos puderam se encontrar novamente, graças à investigação das autoridades e também de alguns usuários que tiveram alguma participação na internet. “Finalmente encontrei meu bebê”, disse a mãe durante a reunião.

Publicidade

Via: Movidatuy

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais vistos