InícioDicasHonrar e respeitar os idosos é um dever, estes 9 motivos mostram...

Honrar e respeitar os idosos é um dever, estes 9 motivos mostram isso

Publicidade

Respeitar os mais velhos deve ser uma cortesia arraigada em cada um de nós. A graça e as maneiras comuns são tratar os idosos com dignidade e respeito.

Infelizmente, essas dignidades importantes foram amplamente esquecidas na sociedade de hoje.

A Era da Informação colocou a tecnologia na vanguarda da comunicação humana; tornando os dias de hoje um pouco menos pessoais do que os dias do passado.

Entre agendas agitadas de malabarismos entre vida familiar e trabalho, além de chegar às pessoas por meio do ciberespaço como principal meio de conexão; as boas maneiras foram de alguma forma esquecidas.

Em vez de tratar os mais velhos com a apreciação e o respeito que eles merecem, muitos costumam estar muito ocupados ou simplesmente os dispensam e suas contribuições para a comunidade e a família.

Maneiras de honrar os mais velhos

Os idosos têm uma vida inteira de experiência. Eles compreendem uma geração que sobreviveu à Grande Depressão, à Segunda Guerra Mundial, ao Vietnã e à Grande Recessão.

Mesmo que a audição ou memória de um idoso não seja o que era no passado, nossos idosos têm grande sabedoria para transmitir.

Uma coisa é ler sobre Pearl Harbor, mas é mais cativante ouvir sobre isso de alguém com conhecimento em primeira mão.

As gerações mais novas devem aprender a importância de respeitar os mais velhos e reservar um tempo para ouvi-los e passar tempo de qualidade com eles.

Leia abaixo algumas maneiras de reconhecer e valorizar os mais velhos:

1) Passe algum tempo com eles (e ouça atentamente)

Muitos idosos ficam sozinhos, sejam aposentados e não tenham mais sua agenda social de trabalho ou tenham perdido o cônjuge e alguns amigos.

Independentemente disso, eles ainda precisam de um círculo social rico para a felicidade, pois muitos podem ficar isolados com o tempo; o que pode levar ao declínio da saúde.

Recomendamos:  Suco detox seca barriga em 3 dias

É importante reservar um tempo para visitar entes queridos idosos, não apenas para passar um tempo precioso com eles e aprender com eles; mas também dê-lhes um propósito, pois os relacionamentos são essenciais para um envelhecimento saudável.

Quando estiver na presença de um ancião, certifique-se de ouvir as palavras dele vindo de um lugar com muitas décadas de experiência. A conversa pode ser benéfica para vocês dois.

2) Seja educado

Ser educado com um idoso é uma demonstração de respeito. Se eles estão falando, ouça-os.

Não os interrompa ou chame-os pelo primeiro nome, a menos que receba permissão.

Ser respeitoso pode não apenas iluminar o dia deles, mas também o seu, pois você pode aprender uma ou duas coisas (ou apenas se sentir bem por iluminar o dia de alguém!).

3) Peça conselhos

Infelizmente, o preconceito de idade existe, embora os idosos sejam algumas das pessoas mais sábias da sociedade.

É uma pena pensar que um ancião, com uma vida inteira de experiência, seria esquecido por seus conselhos.

Os idosos têm muito a contribuir com a sociedade por meio de suas experiências de vida, portanto, buscar o conselho de um idoso é um tempo bem gasto. Ambos irão apreciar o sentimento.

4) Comam juntos

Comer junto é um dos maiores costumes sociais da humanidade. Enquanto nutre seus corpos, você também pode se atualizar e se divertir.

Quer você vá a um restaurante favorito, faça um piquenique ou visite a casa de seus entes queridos mais velhos, tente comer juntos regularmente.

5) Discuta a herança, história e tradições da família

Há uma força inegável nas histórias de família.

Na verdade, reunir uma história familiar oral não só pode unir os membros da família e fortalecer os laços entre as gerações, mas também pode educar sobre genética familiar, personalidades e muito mais.

A história da família se traduz em laços familiares mais fortes e sucessos na vida.

Na verdade, estudos recentes têm mostrado que crianças que têm mais conhecimento de sua história familiar também tendem a apresentar maior resiliência emocional, enfrentando o estresse e os desafios de forma mais eficaz, pois têm uma noção mais forte de onde vêm e quem são.

Uma pesquisa conduzida pela Harris Poll e encomendada por A Place for Mom revelou que os seguintes tópicos eram o que os adultos americanos queriam saber sobre seus familiares, especificamente suas mães:

  • Destaques da carreira (por exemplo, realizações profissionais significativas, emprego favorito)
  • História da família (por exemplo, genealogia, origens da família)
  • Conselhos de vida (por exemplo, visão sobre envelhecimento, palavras de sabedoria para compartilhar com filhos e netos)
  • História médica (por exemplo, problemas de saúde comuns com membros da família, diagnóstico de doença com risco de vida)
  • História pessoal (por exemplo, memórias de infância, história de namoro)

Quase como um quebra-cabeça, o patrimônio são muitas peças que formam uma obra-prima que compreende um indivíduo e sua jornada.

Reservar um tempo para visitar seus entes queridos mais velhos durante as férias para não apenas reconectar, mas também reunir peças de seu quebra-cabeça histórico, pode fornecer informações importantes para transmitir para a posteridade.

Afinal, as informações sobre as famílias se perdem em três gerações se não forem registradas.

6) Ligue para eles

Se você mora muito longe de seu ente querido idoso para vê-lo regularmente, pegue o telefone e ligue para ele.

Em nossas vidas ocupadas, é fácil esquecer a quantidade de significado que um idoso experimentará se tirarmos um tempo do nosso dia para dizer “olá” e bater um papo. Os telefonemas são uma forma pessoal de dizer que você se importa.

Recomendamos:  Esses são os 5 alimentos que você nunca deve lavar

7) Diga a eles o quanto você os aprecia e os respeita

Mesmo se você demonstrar que respeita os mais velhos por meio de suas ações, é importante dizer a eles o quanto você os aprecia e respeita.

Se houver um idoso que teve um impacto positivo em você, certifique-se de compartilhar isso com ele; provavelmente trará um sorriso em seu rosto.

8) Visite centros para idosos

O mundo se move em um ritmo rápido e as pessoas às vezes esquecem o que é realmente importante. Os idosos às vezes são esquecidos, mas ainda estão bem vivos. Ao visitar comunidades de idosos, você comunica aos idosos que se preocupa.

Você lhes dá propósito e conversa por meio da interação social. Visitar uma comunidade de idosos, quer seu ente querido more lá ou não, é uma excelente maneira de alcançar a comunidade de idosos e mostrar a eles que você se importa.

9) Seja voluntário em um centro de idosos

Quando damos, nos sentimos melhor. Pagar adiante é um bom mantra a seguir.

São os momentos infinitamente comoventes em nossas vidas que fazem tudo valer a pena, e muitas vezes esses momentos são passados ​​como voluntário para idosos e doando para os necessitados.

Um pouco é muito para uma casa de repouso ou comunidade de idosos.

Descubra como os feriados são uma excelente oportunidade para o voluntariado em uma comunidade que vive para idosos, já que muitas vezes há atividades e oportunidades para ajudar em reuniões festivas e celebrações.

Publicidade

Via: Bayview Healthcare

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais vistos