InícioCuriosidadesPedras e cristais que você não deve limpar em água salgada

Pedras e cristais que você não deve limpar em água salgada

Publicidade

Saber como limpar e energizar pedras e cristais é fundamental para você obter os muitos benefícios que esses dois aliados podem oferecer. Os dois processos são fundamentais, porque antes mesmo das pedras e cristais chegarem às suas mãos, já passaram para as mãos de várias pessoas.

No entanto, limpar as pedras da maneira errada pode custar muito caro; existem pedras e cristais que você não deve limpar em água salgada, ou eles serão danificados.

Quando você ouve a expressão “limpar uma pedra ou cristal” não estamos nos referindo à limpeza higiênica com água e sabão, estamos nos referindo à limpeza energética, ou seja, a limpeza que tira a energia negativa daquele objeto.

Isso precisa ser feito tanto nos que foram dados a você quanto nos que você comprou.

Depois de saber como limpar e energizar pedras e cristais, eles estarão prontos para ajudá-lo a combater a energia negativa.

Pedras e cristais que você não deve limpar em água salgada

Antes de limpar sua pedra, recomendamos que você estude sua composição; dependendo de sua composição química, existem pedras e cristais que você não deve limpar em água salgada.

Pedras como pirita, turmalina preta ou selenita não podem ser colocadas na água porque são pedras que se degradam em contato com a água.

Pedras em estado bruto, pedras opacas e ásperas não devem ter contato com a água.

A pirita ou hematita são pedras de origem metálica e podem enferrujar em contato com a água.

Recomendamos:  Pessoas do signo Leão só serão felizes ao lado de Sagitário

A selenita é uma pedra solúvel, ele simplesmente se dissolve se for colocado na água.

A turmalina negra pode ser colocada na água, mas por se tratar de uma pedra muito frágil não aconselhamos o uso de água para a limpar, pois, pode esfarelar.

Se por acaso você usou água para limpar uma pedra que não estava vencida, podemos dizer que a pedra morreu e perdeu suas capacidades energéticas.

Continue a ler após a publicidade.

Pedras que não podem ser lavadas com água: Pirita, Turmalina Negra, Selenita, Hematita, Lápis Lazuli, Calcita, Malaquita, Howlita, Turquesa e Cianita.

O sal é corrosivo e altamente abrasivo nas pedras e não pode ser usado com as pedras mais frágeis, pois podem tornar-se esbranquiçadas e opacas.

Pedras que não devem ter contato com o sal: Turquesa, Malaquita, Calcita, Âmbar, Azurita, Topázio, Pedra da Lua, Opala, Selenita, Coral Vermelho.

Nestes casos, em que não é possível usar água para limpar as pedras, recomendamos o uso de uma drusa para limpá-las.

Outra ótima dica é limpar através da fumaça com incenso: é sempre a opção mais segura. Você deve limpar seus cristais e pedras com:

1) Água corrente natural: é uma das formas mais utilizadas, basta banhar seus cristais em águas de fontes não poluídas (cachoeira, mar, chuva ou rios). Deixe-os imersos pelo tempo que sua intuição mandar.

2) Água com sal grosso:  coloque alguns seixos em um recipiente com água e coloque seus cristais. Deixe repousar por algumas horas e depois enxágue em água corrente para remover o sal.

3) Fumaça: acenda o incenso de sua escolha e deixe a fumaça passar por todas as faces do cristal, pelo tempo que julgar necessário.

4) Chuva: começou a chover? Coloque seus cristais para tomar um banho de chuva, é ótimo para limpeza energética.

Se por acaso você usou água para limpar uma pedra que não estava vencida, podemos dizer que a pedra morreu e perdeu suas capacidades energéticas; nesses casos, o melhor a fazer é devolver a pedra à natureza, deixando-a no jardim, no vaso ou no rio.

Publicidade

Via: wemystic

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais vistos