Pessoas negativas carregam muita má energia, ficam doentes sem saber 

Energia é a força de que precisamos para levar uma vida dinâmica e determinada. É fato que uma pessoa saudável e feliz tem muita energia. Como podemos perseguir nossos sonhos, perseguir nossos objetivos e superar obstáculos sem energia?

Como podemos alcançar sucesso valioso e significativo na vida sem energia? Embora seja verdade que algumas pessoas têm naturalmente maiores quantidades de energia do que outras, você já pensou por quê?

Nosso ambiente é um fator de influência. Às vezes, podemos nos sentir exaustos até mesmo logo pela manhã. Muitas pessoas dotadas de habilidades psíquicas são extremamente sensíveis às energias dos outros. É exaustivo e, às vezes, muito deprimente.

Ao longo da história, ter alta energia foi associado a pessoas felizes e ativas, enquanto ter baixa energia foi visto como uma característica de pessoas deprimidas.

A medicina psicossomática mostrou que há uma forte relação entre mente e corpo; portanto, quanto menos energia tivermos, mais propensos a depressão, ansiedade e outros distúrbios de temperamento seremos.

O que diz a ciência recente?

Provavelmente, já aconteceu com você: você está com alguém e sente alguma vibração ruim, como se essa pessoa estivesse sugando sua energia. A ciência diz que tudo ao nosso redor é energia e também somos transformações de energia.

Um estudo realizado na Universidade Belfield, na Alemanha, revelou que as plantas absorvem energia de outras plantas. Olaf Kruse é um biólogo alemão e o autor desse estudo.

Sua descoberta foi publicada no site da revista Nature. Bader-Lee explica que os corpos humanos são como esponjas, absorvendo a energia que está ao nosso redor.

Os resultados desta investigação foram acompanhados por uma médica e terapeuta chamada Olivia Bader-Lee.

Bioenergética é a ciência que estuda como a energia se comporta nos seres vivos. O estudo incluiu algas do tipo Chlamydomonas reinhardtii. Além da fotossíntese, as algas têm outra fonte de energia, que é absorver energia de outras algas.

O resultado foi surpreendente para os cientistas por trás do projeto, que foram capazes de deduzir que, além da fotossíntese, as algas eram capazes de extrair energia de outras plantas ao seu redor, permitindo-lhes crescer mesmo em condições de crescimento abaixo do ideal.

Recomendamos:  Se você anda com muita fome, estresse e cansaço, você pode ter vermes

O professor Kruse, responsável pelo estudo, explicou que esse tipo de comportamento nunca havia sido visto em um vegetal e que os resultados até contradiziam o que está nos livros didáticos.

Ele também disse que a celulose resultante poderia ser usada para formar carbono para coisas como biocombustíveis, algo que só pode ser feito através do cultivo de certos fungos no momento.

No entanto, isso significa que os humanos também podem extrair energia uns dos outros? Parece que sim.

Essa seria a razão pela qual algumas pessoas não se sentem confortáveis ​​quando estão perto de indivíduos específicos. Nossos corpos são semelhantes e absorvem energia para nutrir seu estado emocional.

Isso explica porque algumas pessoas mudam frequentemente de humor e ficam felizes, rindo, otimistas, e depois também ansiosas, zangadas, tristes e estressadas.

De acordo com Bader-Lee, nas últimas centenas de anos, perdemos nossa conexão com a natureza, mas nosso espírito é energia e não há nada “sobrenatural” nisso, mas sim a manifestação de várias energias no mundo.

As culturas ancestrais de cada continente sabiam disso, enquanto os cientistas ignoravam o fato. No entanto, vários cientistas têm ousado resolver esses problemas. Os demais ainda temem rejeições e críticas da comunidade científica.

Você pode ser um empata

Se você for empata, provavelmente se identifica facilmente com os sentimentos dos outros. Você também pode absorver as emoções e o humor das pessoas ao seu redor.

Estar no meio de uma multidão pode deixá-lo emocionalmente esgotado. Provavelmente é difícil assistir a filmes violentos, ou mesmo ao noticiário.

Embora não haja nada de errado em ser um empata, isso pode afetar seu bem-estar emocional de forma crônica. Se ser assim está afetando negativamente sua saúde mental, há algumas coisas que você pode tentar que podem ajudar, como ter autoconsciência.

A autoconsciência é importante quando você é sensível aos sentimentos das outras pessoas. Ser autoconsciente é reconhecer sua necessidade de um tempo a sós.

Passe algum tempo com suas próprias emoções. Permita que seus sentimentos existam, sem julgá-los. Aprenda o que o afeta de forma negativa. Além disso, esteja atento ao que lhe traz sentimentos de alegria.

Recomendamos:  O físico tem prazo de validade, mas quando o outro toca a nossa alma é para sempre

Quando você está mais consciente de seus próprios sentimentos, humores e gatilhos, é mais fácil perceber quando você está captando a energia de outra pessoa.

Sendo mais autoconsciente, você poderá cultivar diferentes maneiras de reconhecer emoções que não pertencem a você, sem absorvê-las.

Como evitar o esgotamento de energia?

Pode-se dizer que mesmo valores abstratos, como pensamentos, emoções, instintos e impulsos sexuais consistem em energia. Na verdade, estamos nadando em um oceano em movimento e, assim como em um oceano real, existem caçadores e presas.

Se você está lendo este artigo, é muito provável que seja uma presa. Você precisa agir para tornar sua vida melhor. Mas, como?

Evite contato visual por longo tempo

Essa é a forma mais fácil de perder energia. Quanto mais contato visual as pessoas fazem, mais você interage com elas e com o que elas têm a dizer. É suficiente fazer contato visual apenas ocasionalmente.

Defina um limite de tempo

Seu tempo é precioso e você não precisa ficar sentado por uma ou duas horas esperando que alguém absorva sua energia e entorpeça seu cérebro. Defina um limite de tempo que você pode atribuir a essa pessoa, como 5, 10, 15, 20 minutos, de acordo com seu nível de energia e respeite seu limite.

Aprenda a não responder

Isso é muito importante. Pessoas que sugam energia observam suas reações, criando problemas que irão garantir que você continue interagindo. Você deve aprender a ser neutro em suas reações aos relacionamentos com outras pessoas. Isso exige que você observe suas emoções de perto e se autoconheça.

Aprenda a não discutir 

Sim, você pode estar realmente aborrecido, mas você não pode mudar ninguém, apenas mudar a si mesmo. Quanto mais você brigar, mais eles vão resistir e absorver sua energia. Aproxime-se de outras pessoas que não sejam parasitas de energia.

Ouça mais do que fale

Uma pessoa sensível que fala por muito tempo corre o risco de acabar drenada energeticamente sem perceber. Quanto mais você fala (especialmente se for introvertido), mais energia perde. Economize energia ao usar palavras como “Por quê?”, “Quando?”, “Como?”; isso fará com que o outro fale mais. Entretanto, saiba a hora de parar de oferecer seu ombro amigo. Sinta-se à vontade para assumir o controle quando necessário.

Recomendamos:  3 Simpatias para parar de beber de uma vez por todas

Evite contato quando precisar se recarregar

Embora nem sempre seja possível, essa é uma solução simples para se proteger. Às vezes, você pode ter de tomar decisões difíceis sobre quem deve ficar ao seu redor para sua própria saúde e felicidade.

Se você se sente mal com alguém, a opção mais eficaz seria cortar contato imediatamente e continuar sua vida. Porém, essa não deve ser uma solução permanente com todas as pessoas, porque, quanto menos você interage com outros seres humanos, menos oportunidade você tem para melhorar a habilidade de se proteger.

Enfim, de acordo com a ciência, nossos corpos são como esponjas, absorvendo a energia que está ao nosso redor. Algumas pessoas captam energia e se sentem estranhas quando estão em uma reunião específica com uma mistura de vibrações e sentimentos.

Os corpos humanos são semelhantes a uma planta, absorvendo a energia necessária para alimentar seu estado emocional.

É por isso que muitas pessoas podem mudar seu humor constantemente, o que as leva a ficarem nervosas, estressadas, mas também felizes e esperançosas.

Se você for um empata, é muito importante ter limites fortes. Visto que é natural para você compreender e ter empatia pelos outros, você pode facilmente se tornar um “depósito” para as emoções negativas alheias.

É essencial que você conheça a si mesmo e o que é e não é capaz de controlar. Você pode precisar de mais tempo sozinho do que outras pessoas para se sentir energizado.

Certas pessoas e situações podem ser particularmente desgastantes para você e você pode ter de limitar sua exposição a elas com base em suas próprias necessidades, sentimentos e níveis de energia.

Limite sua exposição diante das pessoas que drenam sua energia de maneira consistente.

Você precisa ter em mente que a única pessoa que controla sua vida é você. Tenha cuidado com quem você deixa entrar na sua vida: dê sua opinião, aponte problemas e resolva-os, mas aprenda a ignorar e aceite que nem todo mundo vai gostar de você.

Fonte aqui.

Sugerido para si:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *