A pandemia do novo coronavírus tem se disseminado pelo mundo, e se prevenir contra a doença acaba sendo um fator de extrema importância. O álcool em gel é considerado, junto com a água com sabão, a melhor forma de se higienizar as mãos, e assim, evitar a contaminação pelo vírus.

Segundo informações do infectologista da Beneficiência Portuguesa de São Paulo, João Prats, além dos dois produtos para se higienizar, há também alguns produtos de limpeza com cloro, ou até mesmo o álcool ‘comum’, que são efetivos para a mesma finalidade.

Estes produtos de limpeza higienizam o ambiente e matam o coronavírus

A água sanitária, desinfetantes em geral, limpadores multiuso com cloro, limpadores multiuso com álcool, álcool de limpeza (na forma líquida), detergente e sabão, são eficazes para combater o coronavírus e devem receber um investimento especial e serem utilizados com frequência.

O álcool e o sabão são responsáveis por quebrar a cápsula de gordura que protege o vírus, ocasionando assim, sua destruição. “No caso do álcool, o valor de 70% é o recomendado para higienizar o corpo por ser o mais efetivo —na mão, a limpeza precisa ser imediata”, esclarece o especialista.

A transmissão pode ocorrer também pela superfície

O vírus também poderá ser transmitido pela superfície. Mas, por ser envolvido por uma camada gordurosa, não fica vivo por muito tempo fora do corpo humano. De acordo com o especialista, o Covid-19 pode durar no ambiente ou na superfície cerca de 6 a 24 horas, dependendo da umidade e da temperatura.

De acordo com o estudo da Universidade de Princeton, dos Estados Unidos, o novo coronavírus pode sobreviver por um período maior se o material for metal inoxidável ou plástico, podendo ficar vivo por até 72 horas.

Veja também:  Tomar café com o estômago vazio pode trazer problemas sérios para a sua saúde