Rainha Elizabeth recusa prêmio de mais velha do ano e diz ser jovem ainda

Ela pode ter 95 anos, mas parece que a Rainha se sente muito jovem no coração para aceitar o prêmio principal de “Velha do Ano”.

A monarca acredita que “você tem a idade que sente” e acha que não atende aos “critérios relevantes” para o troféu, por isso o recusou, de acordo com um assessor.

Sua Majestade enviou uma mensagem aos organizadores dos prêmios com seus “melhores votos”, e dizendo que “espera que vocês encontrem um destinatário mais digno”.

O presidente do prêmio, autor e locutor Gyles Brandreth, havia escrito a seu secretário particular, Sir Edward Young, perguntando se ela aceitaria o prêmio.

Mas em uma carta publicada na edição de novembro da revista Oldie, seu secretário particular assistente, Tom Laing-Baker, escreveu:

“Sua Majestade acredita que você tem a idade que sente, como tal. A Rainha não acredita que atenda aos critérios relevantes para ser capaz de aceitar e espera que você encontre um destinatário mais digno.”

O secretário particular assistente da Rainha, Tom Laing-Baker, escreveu a Gyles Brandreth, recusando o prêmio.

Há uma década, seu falecido marido, o príncipe Philip, falecido em abril com 99 anos, foi nomeado o “Velho do Ano”, mas ele recusou a oportunidade de pegar o prêmio, dizendo: “Lamento não poder receber o prêmio em pessoa, mas não estarei convenientemente ao alcance de Londres no momento.”

Recebedores de prêmios anteriores incluíram uma gama de pessoas, de vencedores do Oscar a ganhadores do Nobel, de enfermeiras comunitárias a atletas veteranos, de Sir John Major a Dame Olivia de Havilland e David Hockney.

A rainha é a monarca com o reinado mais longo do país e deve celebrar seu Jubileu de Platina – 70 anos no trono – no próximo ano.

Recomendamos:  4 maneiras positivas em que a água do mar afeta seu cérebro

Ela continua a manter um diário ocupado de eventos e públicos, e lida com suas caixas vermelhas diárias de jornais oficiais.

Gyles Brandreth com a Duquesa da Cornualha (L) e Delia Smith na premiação de 2021.

Sua nora, a Duquesa da Cornualha, juntou-se a Brandreth para a primeira cerimônia de premiação em pessoa da publicação desde 2019 no hotel The Savoy em Londres.

“Viva a Rainha! Talvez no futuro possamos sondar Sua Majestade mais uma vez”, escreveu Brandreth no site da revista.

Se você gostou da matéria, entre aqui e veja mais conteúdo variado e interessante. via: Sky News


- Publicidade -

Últimas entradas

- Publicidade -