Ser mãe solteira não é feio, o que é feio é ser pai quando convém

Ser mãe solteira não é feio, o que é feio é ser pai quando convém

Outro dia conversava com uma amiga sobre como é difícil criar um filho que vê o pai raramente.

Não é porque o relacionamento não tenha dado certo ou algum ressentimento possa atrapalhar, mas porque por mais que a porta esteja aberta para a criança conviver com o pai, ele não entra por ela.

Vamos lá: quem nunca ouviu que a mãe do filho de fulano só dá problema? Ele vê o filho quando quer, dá o dinheiro achando que está ajudando (colega, não é nada além da sua obrigação) e reclama horrores do quanto a mãe da criança só dá problema, cobra presença e aquele papo todo de obrigações que os homens tem pavor, mesmo que seja por alguns minutos.

O que muitas pessoas não entendem e não filtram antes de soltar um “ah, mas é só pra te perturbar, não é?”, é que a perturbação começa quando a mulher precisa de uma folga. Folga do tempo em que ela cuida do filho de ambos, integralmente.

Que mãe solteira nunca ouviu que precisa dar uma folga para o pai do seu filho? Porque ele trabalha demais, está cansado demais ou está com algo de menos.

Engraçado, né? Há homens que podem ter a mesma profissão, menos ou mais tempo e se dedicam à família do mesmo jeito.

Enquanto alguém lida com um pai que tem tempo para tudo, menos para os filhos, sempre vai ter plateia para aplaudir o pai que aparece quando dá. Mas sempre será assim: se você trabalha fora, é a egoísta que não abre mão das próprias coisas pelo filho.

Recomendamos:  Coma ovos regularmente para perder peso e manter a saúde

Se você não trabalha, é interesseira que só espera a pensão. Ou seja, estaremos quase sempre erradas, e os homens – mesmo que estejam a quilômetros dos filhos – estarão fazendo o melhor se pelo menos cumprem a obrigação financeira com o filho.

Enquanto o pai não aparece, alguém tem que fazer as compras, os lanches, os banhos, os dentes escovados, ensinar o certo e errado, ensinar a se proteger, lidar com birras, preparar e dar comida, ensinar dever, levar e buscar na escola, comparecer nas reuniões escolares, levar ao hospital, trocar fraldas, mudar o vocabulário (adeus palavrões)… e quem faz isso se o pai não está presente?

A mãe! E isso não é levado em consideração enquanto o pai caminha livre, sem preocupação com o bem estar do filho ou em se fazer presente, já que a mãe faz papel de dois (ou de três, porque o dia-a-dia com filhos, só quem passa diariamente sabe o quanto é trabalhoso).

E sabe o que é mais curioso? Que mesmo sobrecarregadas, sendo mulheres, mães, provedoras, cuidadoras, enfermeiras, babás, professoras e tudo mais, ainda somos as bruxas que não deixam os pais em paz.

Com a mãe solteira, não há escala de trabalho que a impeça de ser multitarefa e se virar para conciliar a vida com os filhos. Porque de filhos, nós não temos como tirar licença, não é mesmo?

Enquanto os pais que o são quando convém, curiosamente arrumam tempo para viagens, jogos de futebol, saídas com amigos, namoricos… e o filho é prioridade na vida de quem, então? Não consigo entender como ainda é tudo obrigação da mãe, inclusive amor e carinho!

Recomendamos:  O que ninguém te conta sobre se divorciar

Nós, mães solteiras temos essa mania de querer o melhor pro filho, cumprir várias funções e suprir a ausência do pai, ou tentar fazer com que o progenitor perceba que ele é sim importante na vida dos filhos.

Mas isso não cabe a nós, sabia? Por mais que nossas crianças sejam lindas, saudáveis e não entre na nossa cabeça como podem ser deixadas de lado ou vistas quando é conveniente, precisamos entender que não adianta forçar nada. Dar toques talvez funcione, mas não é uma receita de bolo que dá certo com todo mundo.

Se você é mãe e solteira e acredita que não existe ex pai e apesar de toda uma história -conturbada ou não – o seu filho precisa e quer a presença do pai, demonstre isso para o progenitor. Explique como seu filho se porta, os questionamentos e deixe claro que ele é importante na vida do filho.

Mas entenda que se o pai não possui interesse em colocar o filho como prioridade, não é ele que será uma prioridade na vida da criança. O que eu quero dizer: não fique frustrada se após você correr atrás, tentar conversar e pedir uma presença efetiva, esse pai não tenha percebido que o assunto em pauta é a importância dele no dia-a-dia do filho e na divisão justa de direitos e deveres de ambos os pais.

Acontece mais do que você imagina. Se você tem equilíbrio para saber separar as coisas e tentou uma aproximação, esse afastamento não é uma escolha sua!

Recomendamos:  Não encontramos ninguém sem uma razão

Nosso papel de mãe (e em muitos casos de pai, também) é criar nossa prole da melhor forma possível. E quem faz isso por ocasião, conveniência, talvez mereça o mesmo tipo de tratamento. Seja pai, parente ou simplesmente alguém sem o mínimo de empatia e noção da realidade.

Um dia, nossos filhos vão crescer. E não vamos precisar falar para eles quem estava lá, quem fez tudo e priorizou a vida e felicidade deles. Porque crianças observam tudo, principalmente sobre quem está com elas, se é ou não por obrigação.

O que podemos fazer é para nossas crianças. Então que o foco seja nelas e o pai que aparece raramente, faça o papel que ele mesmo escolheu: o de coadjuvante.

Pode ser uma pena, mas a nossa parte diária, nós fazemos. Que os pais corram atrás dos seus filhos e parem de reclamar sobre situações inexistentes ou exageradas. Que parem com as desculpas, principalmente. E que um dia percebam que muitos pais solteiros (ou não) dão conta do recado com muito amor, carinho e diálogo.

Esses sim estarão presentes nas lembranças de infância dos filhos. Se não temos pais presentes para essas memórias, nossos filhos sempre nos colocarão nas suas nostalgias futuras.

via; bemmaismulher


👇👇 - matérias recentes - 👇👇


Conheça os benefícios do milagroso chá de sálvia
10 motivos importantes para parar de consumir açúcar
Homem trocou gato da esposa há 6 anos, ela ainda não faz ide...
Homem pede à polícia para prendê-lo, ele quer escapar da esp...
Desafios e benefícios de ser um bom ouvinte
Mandei mensagem para o meu ex, o que aconteceu depois mudou ...
Pessoas estão compartilhando histórias emocionantes sobre su...
O hábito de urinar muitas vezes durante a noite pode ser sin...
Quem nasceu em Dezembro têm mais chances de viver até aos 10...
Pai preso após levar a filha de 2 anos para o habitat de ele...
Carta de neto para seu avô doente emociona todos nas redes s...
5 razões para seguir seu coração para viver a vida que você ...
Como fazer essa versão de brigadeiro mais saudável
Aprenda a fazer este bolo que leva apenas 3 ingredientes e n...
Meu cachorro precisa de um amigo? 5 sinais e 5 dicas de como...
Os 9 melhores chás para estudar e se concentrar
8 hábitos ​​que tornam um relacionamento firme e forte
8 maneiras de manter uma aparência jovem
10 sinais claros que Deus não quer que você desista de algué...
Aprenda a fazer esta deliciosa pizza no liquidificador, é mu...
Isto é o que acontece no corpo quando se come alho com o est...
Pés enormes do ladrão ajudam polícia a encontrá-lo quando el...
Husky 'Rainha do Drama’ odeia a hora do banho e é filmada lu...
Seu marido a abandonou por mensagem, mas ela deu a volta por...
As crianças têm um forte relacionamento com os avós, é um do...
10 plantas que melhoram os níveis de ansiedade e estresse
Quem sabe o que são estas bolinhas mal cheirosas que aparece...
Nunca deixe que suas panelas brilhem mais que você
Cidade insatisfeita quer que gato assuma o comando
Qual o primeiro animal que você vê nessa imagem? Digite e ve...
Das telas à vida real, primeiro encontro online, o que fazer
Cabeleireira se recusa a rapar o cabelo destruído de adolesc...
Mulher casa com amor de infância após 30 anos, quando ela lê...
Tive que dizer ao meu filho de 8 anos que ele tinha câncer, ...
Exigi que minha esposa fizesse um teste de paternidade depoi...
Se você sair da minha vida sem motivos não volte com desculp...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *