Reconheça que errou, perdoe-se, levante e siga

Estava andando no supermercado e de repente ouvi um barulho de coisa quebrando. Cruzei o supermercado, e notei que tinha alguns funcionários cochichando.

Quando entrei no corredor pra onde olhavam, vi uma cena triste. A repositora tinha batido o carrinho na gôndola de pratos e copos.

Ela, ajoelhada, em desespero juntando os cacos, enquanto seu colega pegava cada código de barra de cada louça quebrada dizendo:

Continuar a ler Reconheça que errou, perdoe-se, levante e siga