Conheça 10 maneiras naturais de tratar estresse e ansiedade

Muitas pessoas sofrem de estresse e ansiedade crônicos. Eles enfrentam sintomas como nervosismo, agitação, tensão, coração acelerado e dor no peito.

Na verdade, a ansiedade está entre os problemas de saúde mental mais comuns. Nos Estados Unidos, mais de 18% dos adultos são afetados por transtornos de ansiedade a cada ano.

Em alguns casos, outro problema de saúde, como tireoide hiperativa, pode causar um transtorno de ansiedade. Obter um diagnóstico preciso pode garantir que uma pessoa receba o melhor tratamento.

Neste artigo, aprenda sobre uma ampla gama de remédios naturais e caseiros que podem ajudar com o estresse e a ansiedade.

Remédios naturais para ansiedade e estresse

Os remédios naturais são geralmente seguros para usar junto com as terapias médicas mais convencionais.

No entanto, alterações na dieta e alguns suplementos naturais podem alterar a forma como os ansiolíticos atuam, por isso é essencial consultar um médico antes de tentar essas soluções. O médico também pode recomendar outros remédios naturais.

1. Exercício

O exercício é uma ótima maneira de queimar a energia ansiosa, e as pesquisas tendem a apoiar esse uso.

Por exemplo, uma revisão de 2015 de 12 ensaios clínicos randomizados descobriu que o exercício pode ser um tratamento para a ansiedade. No entanto, a revisão advertiu que apenas pesquisas de qualidade superior poderiam determinar sua eficácia.

Os exercícios também podem ajudar a aliviar a ansiedade causada por circunstâncias estressantes. Resultados de um estudo de 2016, por exemplo, sugerem que o exercício pode beneficiar pessoas com ansiedade relacionada ao fato de parar de fumar.

2. Meditação

A meditação pode ajudar a desacelerar os pensamentos acelerados, facilitando o controle do estresse e da ansiedade. Uma ampla gama de estilos de meditação, incluindo atenção plena e meditação durante a ioga, pode ajudar.

A meditação baseada na atenção plena é cada vez mais popular na terapia. Uma revisão meta-analítica de 2010 sugere que pode ser altamente eficaz para pessoas com transtornos relacionados ao humor e à ansiedade.

3. Exercícios de relaxamento

Algumas pessoas tensionam inconscientemente os músculos e apertam a mandíbula em resposta à ansiedade. Os exercícios de relaxamento progressivo podem ajudar.

Tente deitar-se em uma posição confortável e contrair e relaxar lentamente cada grupo de músculos, começando com os dedos dos pés e indo até os ombros e a mandíbula.

4. Escrita

Encontrar uma maneira de expressar a ansiedade pode torná-la mais controlável.

Algumas pesquisas sugerem que o registro no diário e outras formas de escrita podem ajudar as pessoas a lidar melhor com a ansiedade.

Um estudo de 2016, por exemplo, descobriu que a escrita criativa pode ajudar crianças e adolescentes a controlar a ansiedade.

5. Estratégias de gerenciamento de tempo

Algumas pessoas ficam ansiosas se têm muitos compromissos ao mesmo tempo. Isso pode envolver a família, o trabalho e as atividades relacionadas à saúde. Ter um plano para a próxima ação necessária pode ajudar a manter essa ansiedade sob controle.

Estratégias eficazes de gerenciamento de tempo podem ajudar as pessoas a se concentrarem em uma tarefa por vez. Planejadores baseados em livros e calendários online podem ajudar, assim como resistir ao desejo de realizar várias tarefas ao mesmo tempo.

Algumas pessoas descobrem que dividir grandes projetos em etapas gerenciáveis ​​pode ajudá-las a realizar essas tarefas com menos estresse.

6. Aromaterapia

Cheirar óleos vegetais calmantes pode ajudar a aliviar o estresse e a ansiedade. Certos cheiros funcionam melhor para algumas pessoas do que para outras, então considere experimentar várias opções.

A alfazema pode ser especialmente útil. Um estudo de 2012 testou os efeitos da aromaterapia com lavanda na insônia em 67 mulheres com idade entre 45-55. Os resultados sugerem que a aromaterapia pode reduzir a frequência cardíaca a curto prazo e ajudar a aliviar os problemas do sono a longo prazo.

7. Óleo de canabidiol

O óleo de canabidiol (CBD) é um derivado da planta cannabis, ou maconha.

Ao contrário de outras formas de maconha, o óleo CBD não contém tetrahidrocanabinol, ou THC, que é a substância que cria um “barato”.

O óleo CBD está disponível sem receita em muitas lojas alternativas de saúde. Pesquisas preliminares sugerem que ele tem potencial significativo para reduzir a ansiedade e o pânico.

Em áreas onde a maconha medicinal é legal, os médicos também podem prescrever o óleo.

8. Chás de ervas

Muitos chás de ervas prometem ajudar a aliviar a ansiedade e aliviar o sono.

Algumas pessoas acham o processo de fazer e beber o chá calmante, mas alguns chás podem ter um efeito mais direto no cérebro, resultando na redução da ansiedade.

Os resultados de um pequeno estudo de 2018 sugerem que a camomila pode alterar os níveis de cortisol, um hormônio do estresse.

9. Suplementos de ervas

Como os chás de ervas, muitos suplementos de ervas afirmam reduzir a ansiedade. No entanto, poucas evidências científicas apóiam essas afirmações.

É vital trabalhar com um médico que conheça os suplementos de ervas e suas potenciais interações com outras drogas.

10. Tempo com animais

Animais de estimação oferecem companheirismo, amor e apoio. Uma pesquisa publicada em 2018 confirmou que os animais de estimação podem ser benéficos para pessoas com uma variedade de problemas de saúde mental, incluindo ansiedade.

Embora muitas pessoas prefiram gatos, cães e outros pequenos mamíferos, as pessoas com alergias ficarão satisfeitas em saber que o animal de estimação não precisa ser peludo para fornecer suporte.

Em um estudo de 2015 descobriram que cuidar dos grilos pode melhorar a saúde psicológica dos idosos.

Passar um tempo com animais também pode reduzir a ansiedade e o estresse associados ao trauma. Resultados de uma Revisão sistemática de 2015 sugerem que cuidar dos cavalos e passar algum tempo com os cavalos pode aliviar alguns desses efeitos.

Outras opções de tratamento

A terapia pode ajudar a tratar a ansiedade crônica.

A ansiedade crônica ou que interfere na capacidade funcional de uma pessoa exige tratamento.

Quando não há nenhuma condição médica subjacente, como um problema de tireoide, a terapia é a forma de tratamento mais popular.

A terapia pode ajudar a pessoa a entender o que desencadeia sua ansiedade. Também pode ajudar a fazer mudanças positivas no estilo de vida e a lidar com traumas.

Uma das terapias mais eficazes para a ansiedade é chamada terapia cognitivo-comportamental (TCC). O objetivo é ajudar a pessoa a compreender como seus pensamentos afetam suas emoções e comportamento e substituir essas reações por alternativas positivas ou construtivas.

A TCC pode ajudar no tratamento da ansiedade generalizada e da ansiedade relacionada a um problema específico, como trabalho ou um caso de trauma.

A ansiedade não tratada pode piorar e causar mais estresse na vida de uma pessoa. No entanto, a ansiedade é altamente tratável com terapia, remédios naturais, mudanças no estilo de vida e medicamentos.

Uma pessoa pode precisar tentar várias combinações de terapias e remédios antes de encontrar um que funcione. O médico pode ajudar uma pessoa a determinar quais são as melhores opções.

Via: medicalnewstoday