InícioHistóriasTodos os dias esta mulher vai à estação para ouvir a voz...

Todos os dias esta mulher vai à estação para ouvir a voz de seu falecido marido, ninguém queria acreditar

Publicidade

No trem de Londres há uma estação que difere das demais, é a “Embankment” e é nela que se pode ouvir uma voz humana e calorosa pedindo aos usuários que tomem cuidado com os trilhos.

“Mind the gap”, são as 3 palavras que iniciam uma história romântica entre uma mulher e seu falecido marido.

Margaret McCollum era a esposa de Oswald Lawrence, que deu voz ao anúncio que foi ouvido nas estações de trem. Após a morte de Oswald em 2007, sua esposa encontrou um momento em seu dia para ouvir novamente a voz do amor de sua vida.

Continue a ler após a publicidade.

Todos os dias a caminho do trabalho, Margaret reservava alguns minutos para ouvir a voz do marido, nos dias difíceis ela ficava muito tempo para ouvi-lo.

Isso se tornou uma rotina que durou 5 anos, mas em 2012 sua jornada azedou quando percebeu que sua amada voz havia desaparecido para se tornar digital.

Com medo de não ouvir Oswald novamente, ela decidiu ir até a equipe da emissora que explicou que era uma atualização com um novo sistema digital, ela explicou que essa mudança significava tirar a única maneira de ouvir o marido.

A equipe pediu desculpas a ela e explicou que não foi uma mudança que eles fizeram, mas que em geral todo o sistema havia mudado, mas eles prometeram tentar encontrar os áudios antigos e fazer uma cópia para ela.

Esta pequena história de amor que aconteceu entre um áudio gravado há 45 anos e uma esposa que amava profundamente emocionou toda a equipe, todos concordaram que se tivessem a oportunidade de ouvir um ente querido novamente o fariam e diante deles apresentou a oportunidade para uma pessoa experimentá-lo.

Depois de procurar, encontrar e restaurar os arquivos, eles passaram a digitalizá-los, providenciar para que fossem aceitos no novo sistema e preencher a papelada e as autorizações para devolver Oswald à estação.

Desde o Natal daquele ano, a voz que dá vida a “Embankment” é diferente das outras estações e a história de amor diária é revivida.

Em homenagem a esta história foi criado um curta-metragem, aqui o deixamos:

Publicidade

Se achou esta história tão fascinante como nós faça chegar aos seus amigos e familiares, eles vão gostar também. via:24HorasElDiarioSinLimites

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais vistos