InícioReflexõesUma irmã é mais que uma amiga, é a metade do nosso...

Uma irmã é mais que uma amiga, é a metade do nosso coração

Publicidade

Irmã é aquela que desde sempre é companhia, nos dias mais felizes ou nos dias mais nublados. Ter uma irmã é sentir por dois, é ter uma melhor amiga que quando ocorrem as brigas, são de 5 minutos e depois tudo volta ao normal e o amor reina de novo, já que se aprende rápido o valor de estar em paz e bem com quem se ama.

É nunca se sentir sozinha, pois sempre vai ter alguém ali com você, mesmo quando o mundo estiver desabando, sempre vai ter alguém pra desabafar e fazer do mundo um lugar mais aconchegante.

A solidão nunca faz morada quando se tem uma irmã, pois ela alegra seus dias tristes e te faz companhia até nos dias de silêncio, pois te conhece tão bem, que sabe como te fazer se sentir melhor sem falar uma só palavra.

Ter irmã é dividir o brigadeiro da geladeira, aquele que foi feito só pra te alegrar naquele dia triste. É dividir o fone de ouvido porque aquela trilha sonora é a melhor para ouvir e cantar juntas.

É chorar até dormir com alguém do lado consolando e dizendo que tudo isso vai passar, e sempre passa mesmo. É dançar no meio da casa sem se importar com o que os outros vão pensar, pois, logo ela vai estar dançando com você e tudo fica mais simples quando é feito em companhia.

É dividir aquela roupa que pode ter mil combinações no guarda-roupa da irmã, fazer aquela maquiagem que aprenderam juntas, além de ser a maior cobaia para as tentativas de truques de beleza.

Recomendamos:  Não espere pelos 30 para engravidar, descubra a melhor idade

Ter uma irmã é sempre poder fazer uma festa do pijama com uma amiga, pois a amiga já está lá, pronta para colocar o pijama e rir das histórias mais loucas. É poder chegar em casa de um dia cheio e ter para quem contar sobre os mais diversos problemas.

Ser a irmã mais nova, é a certeza de ter uma inspiração para o que ser quando crescer, é ter um porto seguro em que tudo se pode confiar, ter alguém que nunca vai te abandonar, ter alguém que sempre vai admirar até os pequenos gestos.

Continue a ler após a publicidade.

Ser irmã mais velha, é ter sempre a vontade de proteger a irmã mais nova para que o mundo não a machuque, é querer chegar primeiro e passar primeiro pelas fases só para saber se o caminho é seguro, se vai dar certo, é dar os conselhos mais sinceros porque quer que ela sempre acerte, afinal, suas experiências são para poder alertar sobre os erros.

A irmandade é uma dádiva, entender tudo só com um olhar, entender até as dores mais intensas, porque ela está passando por tudo ao seu lado.

É ser a mais íntima das amigas, conhecer cada coisa, cada defeito e ainda assim, permanecer ali, fielmente ali, com todos os defeitos e imperfeições.

Ter uma irmã, é poder amadurecer junto e brincar junto no mesmo dia também. É entender que o mundo pode ser vivido em dois, da melhor maneira possível.

Recomendamos:  A maternidade não é para todos e nem deveria ser, é um sacrifício

É poder discordar de alguém sem que isso desequilibre a relação, pois conhecer alguém tão profundamente, desde a data de nascimento, nos faz entender que cada um possui opiniões diferentes e ainda assim, é possível amar incondicionalmente.

É a amizade mais singela, que pode passar por altos e baixos e permanecer ali.

Crescer com uma irmã, é aprender a dividir e descobrir que tudo é mesmo bem melhor quando compartilhado, porque as coisas ficam mais leves e mais divertidas.

De todas as bênçãos que Deus pode nos conceder, a dádiva de ter uma irmã, é uma das melhores. Deus coloca anjos na terra para cuidar da gente, e irmã é isso, é o amor em forma de gente que está sempre por perto para nos ajudar.

Laços como esses parecem que foram feitos para durar toda a vida, mas, na verdade, o laço sempre está e sempre esteve dentro do coração, por onde for, levar ela no peito.

Ter irmã é tirar a sorte grande.

Publicidade

<<< outras matérias

- Publicidade -

Mais vistos